Figueirense tropeça no Londrina, amplia jejum em casa e não entra no G-4 - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Série B05/06/2018 | 21h10Atualizada em 05/06/2018 | 21h10

Figueirense tropeça no Londrina, amplia jejum em casa e não entra no G-4

Alvinegro chega a três partidas consecutivas sem vitória no Orlando Scarpelli e fica na zona intermediária da classificação

Figueirense tropeça no Londrina, amplia jejum em casa e não entra no G-4 Leo Munhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Em novo tropeço no Orlando Scarpelli, o Figueirense perdeu nesta terça-feira a chance de voltar ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro ficou no empate por 1 a 1 contra o Londrina pela nona rodada e, assim, não retomou a posição na zona de acesso à elite do futebol brasileiro de 2019. Agora, são três partidas seguidas sem vencer como mandante e essa seca começa a pesar na classificação.

A equipe de Milton Cruz tem 14 pontos e está na parte intermediária da tabela. O Londrina soma 12 pontos e também distante da zona de acesso e do descenso. A 10ª rodada da Série B será no final de semana. Na sexta-feira, às 19h15min, o LEC recebe o Juventude no Estádio do Café. O Figueirense entra em campo no dia seguinte. Às 19h, o Alvinegro visita o Atlético-GO, no Olímpico, em Goiânia.

O jogo

O início do Figueirense foi a todo vapor. Com o gramado molhado por causa da chuva, o time da casa tentou abrir o placar em chutes de longe. No primeiro minuto, Zé Antônio colocou o goleiro Vagner para trabalhar. Após cobrança de falta com força, o camisa 1 espalmou pela linha de fundo. Em seguida, foi a vez de Renan Mota arriscar, mas isolou por cima da meta. Aos sete, Ferrareis soltou a pancada e o arqueiro da equipe paranaense fez a defesa.

O Londrina se organizou em campo e fechou os espaços para evitar os arremates de longa distância. Nas poucas vezes que encontrar a brecha necessária, o Figueirense levou perigo. Foi assim aos 21, quando Renan Mota fez o passe na medida para Ferrareis. O meia invadiu a área pelo lado direito e finalizou por cima do gol de Vagner. O time paranaense chegou com perigo aos 27. Reginaldo acertou a trave ao emendar uma linda bicicleta que calo o Scarpelli.

O Figueirense abriu o placar aos 35 com Henan em cobrança de pênalti sofrido por Pereira. O Alvinegro ainda teve duas chances para ampliar, mas ambas ficaram em Vagner. A primeira no chute de Nogueira e a segunda na cabeçada de Zé Antônio. O Londrina viu Denis defender o arremate de Germano, mas aos 44 empatou a partida com Felipe Marques. Na entrada da área, ele tabelou e chutou. A bola desviou em Diego Renan e morreu no fundo da rede.

Na etapa final, o Londrina tomou a iniciativa e pressionou nos primeiros minutos. O time paranaense chegou com Felipe Marques, que chutou no ângulo para boa defesa de Denis. Na cobrança do escanteio, Germano cabeceou firme, mas a bola saiu à direita da meta alvinegra. Aos cinco e aos sete, foi a vez de Moisés levar perigo. Na primeira, ele bateu colocado. Já na segunda, o meia soltou o pé. Nas duas, o goleiro do Furacão segurou para evitar a virada.

Henan deu um desafogo ao Alvinegro. Ele recebeu de Ferrareis e mandou por cima da meta. Após isso, a pressão do LEC ficou maior. Thomás fez o cruzamento, e Paulo Henrique tocou de leve. A bola saiu pela linha de fundo. Em seguida, Sílvio cabeceou pelo alto e em um outro arremate Paulo Henrique parou na defesa de Denis. Aos 15, Diego Renan tentou pelo Furacão em cobrança de falta. O lateral-direito mandou por cima da barreira, mas errou o alvo.

Apertando a saída de bola do Londrina, o Figueirense teve boa chance. Aos 18, Juninho bateu cruzado, a bola passou em fente ao gol e Henan não alcançou. Aos 25, Pereira chutou Vagner socou. Depois, foi a vez de Denis trabalhar. O goleiro do Furacão pegou a pancada de Moisés, aos 28, e a cabeçada de Paulo Henrique, aos 35. O Alvinegro ainda chegou perto com Henan em arremate à direita e teve um gol anulado de Nogueira, em posição de impedimento.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE -1
Denis; Diego Renan, Cleberson, Nogueira e Lazaroni; Zé Antônio e Pereira (André Luís); Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique (Juninho) e Renan Mota (Daniel Costa); Henan. Técnico: Milton Cruz.

LONDRINA - 1
Vagner; Reginaldo, Lucas Costa, Dirceu e Roberto; Silvio, Moisés e Germano (Jardel); Thomás (Thiago Ribeiro), Felipe Marques (Marcelinho) e Paulo Henrique. Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS: Henan (F), aos 35, e Felipe Marques (L), aos 44 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS:
Cleberson (F). Lucas Costa, Germano, Dirceu, Sílvio e Paulo Henrique (L).
ARBITRAGEM:
Diego Pombo Lopez, auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (trio da BA).
LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

 
A Notícia
Busca