Espanha demite o técnico na véspera da Copa do Mundo - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Krasnodar13/06/2018 | 07h42

Espanha demite o técnico na véspera da Copa do Mundo

AFP
AFP

O técnico da Espanha, Julen Lopetegui, foi demitido nesta quarta-feira, após o anúncio de terça-feira de que será o próximo técnico do Real Madrid, anunciou em Kranosdar o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Luis Rubiales.

"Compareço para comunicar que nos vimos obrigados a prescindir do técnico nacional", disse Rubiales em uma entrevista coletiva.

O técnico não ficará no banco de reservas na sexta-feira na primeira partida da Espanha na Copa do Mundo, contra Portugal em Sochi, pelo do Grupo B da competição.

O Real Madrid surpreendeu a todos na terça-feira ao anunciar que Lopetegui "será o treinador da equipe durante as próximas três temporadas", o que provocou uma tempestade na seleção espanhola.

O clube de Madri, que pagará a cláusula de rescisão de dois milhões de euros, informou que Lopetegui, que havia prorrogado o contrato como técnico da seleção nacional até 2020 há apenas três semanas, assumiria o comando após o Mundial da Rússia, mas a RFEF decidiu demitir o técnico nesta quarta-feira.

Rubiales afirmou que ainda não decidiu quem assumirá o comando da seleção espanhola em caráter de emergência para a Copa do Mundo.

"Quando tivermos algo a comunicar, o faremos", completou Rubiales, que admitiu um "duro golpe" com a situação.

* AFP

 
A Notícia
Busca