"Realização de um sonho", diz pai do catarinense Filipe Luis, chamado por Tite para a Copa  - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Mundial 201814/05/2018 | 16h13Atualizada em 14/05/2018 | 17h43

"Realização de um sonho", diz pai do catarinense Filipe Luis, chamado por Tite para a Copa 

Formado na base do Figueirense, Filipe Luís é chamado para o seu primeiro Mundial

"Realização de um sonho", diz pai do catarinense Filipe Luis, chamado por Tite para a Copa  Salmo Duarte/A Notícia
Pais do lateral da Seleção, Moises e Cléria se emocionaram com a convocação do filho para o Mundial da Rússia Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Os pais do jogador Filipe Luís acompanharam com expectativa a convocação do filho para a Seleção Brasileira na casa da família, em Jaraguá do Sul. O casal se emocionou ao ver o nome do jogador do Atlético de Madrid na lista dos convocados pelo técnico Tite para a Copa do Mundo. Ele se apresenta ao grupo na próxima segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Leia mais notícias sobre a Copa do Mundo
Confira a tabela de jogos da Copa da Rússia

Havia um receio de que o jogador pudesse ficar de fora da Copa do Mundo por causa de uma lesão sofrida em março deste ano. Ele fraturou a fíbula em um jogo pela Liga Europa e ficou durante 50 dias em recuperação. Filipe Luís voltou a jogar no último sábado pelo Campeonato Espanhol e ainda não sabia se estaria entre os convocados.

O pai, Moisés Kasmirski, mandou uma mensagem parabenizando o filho após a convocação. Na resposta, o filho disse que estava muito feliz e que iria para a Rússia para ganhar a Copa do Mundo. Filipe estava na França durante a tarde desta segunda-feira, em preparação para o jogo da final da Liga Europa contra o Olympique de Marseille.

Durante a manhã, Moisés havia falado com Filipe após o treino do atleta. Filipe disse que ficaria muito feliz se fosse convocado, mas caso estivesse fora da lista continuaria sabendo que fez de tudo para se recuperar e estar à disposição do treinador brasileiro.

- Comemoramos muito porque era um desejo muito grande dele desde quando saiu de casa e agora é a realização de um sonho. Espero que tenha sucesso porque é um titulo que falta na carreira dele - torce o pai.

 Família de Felipe Luís para copa do mundo, lateral esquerdo da seleção
Moises e Cléria acompanharam a convocação de casa e comemoraram ao ver o nome do filho na lista de TiteFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Ele diz que o filho sempre foi muito esforçado e conseguiu a recuperação em tempo por toda a dedicação dele. Moisés conta que logo depois de sofrer a lesão, Filipe saiu do avião e dirigiu de muleta até o hospital. Fez um raio-x às 4 horas e no outro dia já estava operado.

- Tinha dias em que ele trabalhava oito horas por dia para se recuperar sem nunca desistir da ideia de ser convocado porque esse é um antigo sonho dele.

A mãe, Cleria Sueli Stinghen, conta que estava muito ansiosa nos últimos dias. Ela e toda a família já passaram pela mesma expectativa nas últimas duas Copas - ele sofreu uma lesão em 2010 e não foi convocado em 2014. Porém, durante todo o tempo ela pensou nas palavras do filho para ter fé e pensamento positivo. O resultado não poderia ter sido melhor.

- Foi muita emoção. É um grande orgulho para a família de ter um filho na Seleção Brasileira lutando para trazer a taça para casa.

A família ainda não sabe se o jogador vai atuar como titular, mas torce que o filho possa ajudar o Brasil. A Seleção terá amistosos contra Croácia e Áustria nos próximos dias 3 e 10, respectivamente. Os jogos serão em Liverpool e Viena. A estreia na Copa do Mundo será contra a Suíça, às 15 horas, no dia 17.

Começo da carreira e ligação com Jaraguá do Sul

O pai conta que o filho busca sempre manter as raízes e continua sendo a mesma pessoa que saiu de Jaraguá do Sul no início da carreira. Ele tem investimentos e mantém amigos na cidade, que visita pelo menos uma vez por ano. Geralmente, em julho, durante as férias.

— Aqui a gente mata a saudade de toda a infância. Ele gosta muito do sítio que meu pai tem aqui e tem um amor muito grande pela família — conta.

Filipe começou a jogar futsal em Jaraguá do Sul com oito anos. Com 14 anos foi levado para jogar na base do Figueirense, onde se profissionalizou e ganhou dois títulos do Campeonato Catarinense. Saiu para jogar no Ajax (Holanda), passou por Real Madrid B e La Coruña (ambos da Espanha) até chegar ao Atlético de Madrid. Saiu para jogar no Chelsea (Inglaterra) durante um ano, mas voltou ao Atlético, onde atua até hoje.

Ele completou 300 partidas com a camisa do time espanhol, se tornando o brasileiro com mais jogos pelo Atlético. Também é o terceiro estrangeiro com maior número de partidas disputadas pelo clube, com o qual tem contrato até 2020.

Altura, idade e valor: as curiosidades sobre o grupo da Seleção Brasileira

Álbum da Copa fica com dois "erros" após convocação de Tite

Confira os 23 convocados para a Copa do Mundo

Goleiros: Alisson (Roma), Ederson (Manchester City) e Cássio (Corinthians)

Goleiros
Foto: CBF / Divulgação

Laterais: Danilo (Manchester City), Fagner (Corinthians), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luís (Atlético de Madrid)

Laterais
Foto: CBF / Divulgação

Zagueiros: Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Geromel (Grêmio)

Zagueiros
Foto: CBF / Divulgação

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Fred (Shakhtar) Renato Augusto (Beijing Guoan), Paulinho (Barcelona), Philippe Coutinho (Barcelona) e Willian (Chelsea)

Volantes
Foto: CBF / Divulgação
Meias
Foto: CBF / Divulgação

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Roberto Firmino (Liverpool) e Taison (Shakhtar)

Atacantes
Foto: CBF / Divulgação

Leia mais:
NSC terá enviados especiais na Copa 2018 para aproximar os catarinenses do Mundial

 Cacau: contusão de Daniel Alves tira muito da alegria que se esperava da Copa 

Roberto Alves: o que esperar da abertura da Copa da Rússia

 
A Notícia
Busca