Quarteto da Seleção Brasileira pode alcançar feito histórico na Copa do Mundo - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Mundial 201815/05/2018 | 19h49Atualizada em 15/05/2018 | 19h49

Quarteto da Seleção Brasileira pode alcançar feito histórico na Copa do Mundo

Marquinhos, Renato Augusto, Gabriel Jesus e Neymar foram medalha de ouro na Rio 2016

Quarteto da Seleção Brasileira pode alcançar feito histórico na Copa do Mundo Juan Mabromata/AFP
Foto: Juan Mabromata / AFP

A lista de convocados do técnico Tite para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, coloca quatro jogadores da Seleção Brasileira na rota de algo considerado raro no futebol: o de serem campeões mundiais logo após a medalha de ouro olímpica. Em 2016, o zagueiro Marquinhos, o meia Renato Augusto e os atacantes Gabriel Jesus e Neymar estiveram na conquista inédita para o Brasil, alcançada no Maracanã contra a Alemanha.

Leia mais notícias sobre a Copa do Mundo
Confira a tabela de jogos da Copa da Rússia

Na ocasião, Marquinhos e Gabriel Jesus foram chamados pelo técnico Rogério Micale dentro do limite de idade. Por outro lado, Renato Augusto e Neymar alcançaram dois dos três lugares disponíveis para jogadores acima dos 23 anos. Os quatro, aliás, foram titulares na campanha do ouro olímpico, e o camisa 10 da Seleção converteu o último pênalti, garantindo a tão esperada medalha dourada.

A relação de Tite poderia ter outros dois campeões dos Jogos Olímpicos na relação de jogadores que estarão na Rússia. O zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, e o atacante Luan, do Grêmio, estavam cotados para serem chamados pelo treinador na última segunda-feira. A dupla foi preterida por Geromel e Taison, respectivamente.

Em caso da conquista do hexa, Marquinhos, Renato Augusto, Gabriel Jesus e Neymar vão se juntar a alguns uruguaios bicampeões olímpicos em 1924 e 1928 e campeões da Copa do Mundo de 1930, e a tantos outros italianos, campeões dos Jogos Olímpicos de 1936 e bicampeões mundiais em 1934 e 1938.

 Leia mais:
NSC terá enviados especiais na Copa 2018 para aproximar os catarinenses do Mundial

 Cacau: contusão de Daniel Alves tira muito da alegria que se esperava da Copa 

Roberto Alves: o que esperar da abertura da Copa da Rússia

 
A Notícia
Busca