Platini espera que Fifa tenha 'decência' de levantar suspensão (AFP) - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Paris26/05/2018 | 11h51

Platini espera que Fifa tenha 'decência' de levantar suspensão (AFP)

AFP
AFP

"Espero que a Fifa tenha o valor e a decência de levantar minha suspensão", disse neste sábado (26) à AFP Michel Platini, processado pela Justiça suíça por um pagamento sem contrato escrito de 1,8 milhão de euros.

"Do contrário, meus assessores tomarão as medidas necessárias para anular a suspensão da Fifa. A novela vai continuar", acrescentou.

O ex-presidente da Uefa permanece suspenso de qualquer atividade ligada ao futebol até outubro de 2019, por conta do pagamento de 1,8 milhão de euros correspondente a um trabalho de assessoria junto a Joseph Blatter, presidente afastado da Fifa.

Pergunta: A justiça suíça o inocentou. O que dizer desta notícia?

Resposta: "Digo 'finalmente'. Sei que não fiz nada, sabia que esta notícia chegaria. Demorou e isso é tudo".

P: Foram difíceis estes três anos, quando começou o caso?

R: "Foi muito difícil. A Fifa só falou para me destruir midiaticamente. Bateram por todos os lados. Mas quando as instâncias esportivas (Fifa e Corte Arbitral do Esporte - CAS) reduziram minha pena de oito para seis anos de suspensão, após quatro anos, e não se determinou nenhum ato de corrupção contra mim as pessoas entenderam: tudo foi feito para me distanciar da presidência da Fifa.

As pessoas viram a conspiração. Todos meus chegados sabiam. Ninguém me julgou entre meus amigos e minha família. No final saiu a verdade".

P: Quais serão os próximos passos?

R: "Ir ver um jogo de rugby, porque todas as atividades vinculadas ao futebol estão proibidas (risos). Agora falando sério, espero que a Fifa tenha o valor e a decência de levantar minha suspensão, já que a justiça determinou que não existiu nenhum pagamento injustificado. Do contrário, meus assessores tomarão as medidas necessárias para anular a suspensão da Fifa. A novela vai continuar".

P: Todo mundo já imagina a próxima eleição para a presidência da Fifa em junho de 2019...

R: "Tenho tempo para refletir. Até o momento, desfruto desta decisão, que me permite levantar a cabeça. O que mais me incomoda de tudo é que meus netos, ao escreverem meu nome na Wikipedia, podem ler na última linha 'Michel Platini, expulso do futebol pelas autoridades por pagamento indevido'. Depois de tudo o que fiz pelo futebol... Agora que a justiça tomou esta decisão, não posso ser excluído do futebol. É o que peço. Existe um provérbio italiano que diz 'quando uma porta se fecha uma janela se abre".

* AFP

 
A Notícia
Busca