Erros, marcação frouxa e lições: elenco da Chape avalia revés no Beira-Rio - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Brasileirão21/05/2018 | 22h08Atualizada em 21/05/2018 | 22h09

Erros, marcação frouxa e lições: elenco da Chape avalia revés no Beira-Rio

Derrota para o Internacional encerra série de seis partidas seguidas de invencibilidade em 2018

Erros, marcação frouxa e lições: elenco da Chape avalia revés no Beira-Rio André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
DC Esportes
DC Esportes

O resultado de 3 a 0 a favor do Internacional, na noite desta segunda-feira, desceu de maneira atravessada para o elenco da Chapecoense. Na saída do campo do Beira-Rio, em Porto Alegre, os jogadores falaram de erros de passes, marcação frouxa e também que o placar negativo serve para tirar lições de olho no decorrer do Campeonato Brasileiro.

– Pecamos nos passes e erramos muito. Temos que ficar mais atentos na marcação. Não podemos oscilar. É preciso manter o nível alto. Não sei (se foi um placar justo). O que você acha? É difícil falar. Tivemos uma marcação frouxa. O placar poderia ter sido menor – falou o lateral-esquerdo Bruno Pacheco.

O zagueiro Douglas, que teve ao seu lado a presença de Luiz Otávio por causa da suspensão de Rafael Thyere, reconheceu que a Chape ficou abaixo do desempenho esperado. O defensor, aliás, foi enfático ao dizer que o Verdão não seria merecedor da conquista dos três pontos como visitante.

– A nossa equipe não fez um bom jogo, principalmente após o segundo gol sofrido. O jogo ficou mais difícil. Erramos muitos passes. Temos que saber que não foi um bom jogo. O placar foi elástico, mas não merecíamos mesmo sair com a vitória – disse o zagueiro.

Opção no decorrer do segundo tempo, o atacante Leandro Pereira foi duro nas palavras. Ele disse que o time falhou em algumas situações, principalmente ao não manter o ritmo das partidas contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil, e Flamengo, pelo Brasileirão, e por isso vê a derrota como chance para tirar lições.  

– Faltou muita coisa. Não tivemos o ritmo dos últimos dois jogos que fizemos e não conseguimos emplacar o nosso jogo. Tivemos passes errados que determinaram nos gols do Inter. É página virada, temos que focar nos próximos jogos e também tirar lições nos resultados negativos como esse de hoje – completou Leandro Pereira.

O resultado negativo fora de casa deixa a Chape à beira da zona de rebaixamento. Com seis pontos, o time é 16º colocado. O Atlético-PR, com cinco pontos, é a primeira equipe no Z-4, que ainda conta com Bahia, Ceará e Paraná. O Verdão do Oeste volta a campo no sábado, às 16h, quando visita o Fluminense.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC

 
A Notícia
Busca