Chapecoense quer manter tabu de nunca ter perdido para o Fluminense - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Série A23/05/2018 | 18h47Atualizada em 23/05/2018 | 18h47

Chapecoense quer manter tabu de nunca ter perdido para o Fluminense

Verdão do Oeste tem apenas seis pontos em seis jogos, a um ponto da zona de rebaixamento

Chapecoense quer manter tabu de nunca ter perdido para o Fluminense Sirli Freitas/Agencia RBS
Desde o primeiro confronto, em 2014, a Chapecoense tem levado vantagem sobre o Fluminense Foto: Sirli Freitas / Agencia RBS
DC Esportes
DC Esportes

A Chapecoense  quer manter o tabu de nunca ter perdido para Fluminense no  confronto do próximo sábado, às 16h, no Rio de Janeiro. Em oito confrontos desde que subiu para a Serie A, o Verdão venceu seis e empatou dois. Um deles, em 2014, no Maracanã, por 4 a 1, ficou gravado na memória do torcedor pois foi a virada do time para sair da zona de rebaixamento e se manter na elite do futebol nacional.

Agora o time catarinense novamente enfrenta o tricolor carioca rondando a zona de rebaixamento, com seis pontos em seis jogos, na 16ª posição da tabela.

Nesta quarta-feira o time voltou a treinar com bola pois jogou na segunda-feira, contra o Inter, e ontem retornou de Porto Alegre.

O zagueiro Douglas, que concedeu entrevista coletiva, falou sobre a importância de manter a invencibilidade contra o time das Laranjeiras:

- Sei desse tabu que existe contra o Fluminense e esperamos que se mantenha. Esse é o nosso objetivo. Vamos em busca de somar pontos, se possível, vencer. Seria melhor ainda para também ter mais tranquilidade no jogo contra o Ceará, dentro de casa – afirmou.

O jogo contra o Ceará será no dia 30 de maio, na Arena Condá.

Para o jogo de sábado a Chapecoense conta com a volta do zagueiro Thyere. Com isso Luiz Otávio retorna para o banco.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC

 
A Notícia
Busca