Galo joga mal e perde para San Lorenzo na estreia na Sul-Americana - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Buenos Aires11/04/2018 | 22h09

Galo joga mal e perde para San Lorenzo na estreia na Sul-Americana

AFP
AFP

Em atuação pouco inspirada, o Atlético Mineiro estreou na Copa Sul-Americana com derrota por 1 a 0 diante do San Lorenzo, nesta quarta-feira no jogo de ida da primeira fase, em Buenos Aires.

O gol da vitória do San Lorenzo, que jogou com uma equipe majoritariamente composta por jogadores reservas, foi marcado por Gabriel Gudiño, aos 38 minutos do primeiro tempo.

Durante toda a partida, o Galo encontrou muita dificuldade para chegar ao gol adversário, apresentando lentidão na transição do meio para o ataque, como se tivesse sentido o baque da derrota no último domingo na final do Campeonato Mineiro para o arquirrival Cruzeiro.

No primeiro tempo, o San Lorenzo demorou para aproveitar a falta de criatividade do Galo e só chegou com real perigo ao gol do goleiro Vítor uma vez, justamente na jogada do gol da partida.

No lance, Alexis Castro arriscou chute da entrada da área e Guidiño, em posição irregular, apareceu para pegar o rebote e balançar as redes.

Nem o gol sofrido foi capaz de acordar o sonolento time Alvinegro, que sofreu com as atuações abaixo da crítica de Elias e Otero, que erraram muitos passes, ajudando o setor defensivo do San Lorenzo.

- Pressão argentina -

No segundo tempo, a conversa no vestiário com o técnico Thiago Larghi não surtiu efeito e o Galo continuou inofensivo, sem jogo coletivo e dependente exclusivamente das bolas paradas do equatoriano Juan Cazares.

Diante do adversário entregue, o San Lorenzo viu a oportunidade de ampliar a vantagem e acelerou o ritmo. Nos minutos finais, o time do papa Francisco criou algumas boas chances, como uma cabeçada de Nicolás Blandi que passou raspando pela trave de Vítor e um chute de Paulo Díaz que também assustou o goleiro.

"Estou feliz porque os jogadores responderam num jogo difícil, mas ainda faltam 90 minutos. É importante não termos sofrido gol", analisou após a partida Claudio Biaggio, técnico do San Lorenzo.

Para o Atlético, de bom apenas o fato de ter sofrido apenas um gol na casa do adversário, num dia em que apresentou uma falta de criatividade incomum para uma equipe que vinha numa crescente na temporada até a derrota na final do Campeonato Mineiro.

Diante deste cenário, o Galo, que inicia a campanha no Campeonato Brasileiro neste domingo contra o Vasco, pode se dar por satisfeito com a derrota por placar simples, mas terá que jogar mais bola no jogo de volta, no dia 8 de maio no Independência, se quiser seguir na Sul-Americana.

* AFP

 
A Notícia
Busca