Chapecoense lida com favoritismo e ansiedade antes da final contra o Figueirense - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Verdão05/04/2018 | 20h51Atualizada em 05/04/2018 | 20h51

Chapecoense lida com favoritismo e ansiedade antes da final contra o Figueirense

Verdão tenta o terceiro título consecutivo no Campeonato Catarinense

Chapecoense lida com favoritismo e ansiedade antes da final contra o Figueirense Sirli Freitas / Chapecoense / Divulgação/Chapecoense / Divulgação
Guilherme fará sua primeira final pela Chapecoense Foto: Sirli Freitas / Chapecoense / Divulgação / Chapecoense / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

Favoritismo e ansiedade são assuntos que rodam a Arena Condá antes da final de domingo às 16h entre Chapecoense e Figueirense no Campeonato Catarinense. O lateral-esquerdo Bruno Pacheco reconheceu que os números alcançados pelo Verdão na primeira fase fazem do time o candidato ao terceiro título seguido em Santa Catarina, mas vê a disputa aberta. 

– A gente tinha três metas para atingir: a classificação, a primeira colocação e garantir a final aqui. Somos fortes aqui, mas não tem nada ganho. Tem o apoio da torcida, o campo que conhecemos e estamos invicto. A possibilidade de vencer é maior, mas números não ganham jogos. Sabemos das dificuldades, mas estamos preparados – falou Pacheco.

Nesta quinta-feira, à tarde, o técnico Gilson Kleina fechou o treinamento do Verdão no mesmo local do confronto único de domingo, tudo para esconder o que deve colocar em campo contra o Figueirense. O treinador tem uma dúvida no meio de campo: Elicarlos ou Márcio Araújo. O que não dá para despistar é a ansiedade. Há quatro meses na Chape, o atacante Guilherme quer que chegue logo a decisão.

– Não tem como esconder a ansiedade e não podemos deixar isso nos atrapalhar. Estou muito feliz por disputar minha primeira final mesmo chegando há quatro meses. Espero dar esse título para a Chapecoense. Estamos preparados desde o dia 4 de janeiro, quando nos apresentamos. Sabemos que do outro lado tem qualidade e que não podemos vacilar, mas eles também sabem disso. Quem errar menos vai ser campeão – destacou o atacante.

A Chapecoense volta a treinar nesta sexta-feira e ainda realiza um último trabalho no sábado, na véspera da final. O confronto único dará a taça ao time que vencer nos 90 minutos. Em caso de empate, a disputa do título vai para os pênaltis na Arena Condá. 

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
A Notícia
Busca