Zé Carlos é apresentado no Criciúma e estipula meta: "Fazer de 20 a 25 gols" - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

De volta08/03/2018 | 17h50Atualizada em 08/03/2018 | 17h52

Zé Carlos é apresentado no Criciúma e estipula meta: "Fazer de 20 a 25 gols"

Atacante é um dos maiores artilheiros da história do Tigre

Zé Carlos é apresentado no Criciúma e estipula meta: "Fazer de 20 a 25 gols" Lariane Cagnini/Diário Catarinense
Zé Carlos é apresentado no Tigre pelo diretor executivo Nei Pandolfo Foto: Lariane Cagnini / Diário Catarinense

O Criciúma  apresentou oficialmente na tarde desta quinta-feira o atacante Zé Carlos, 34 anos, para a terceira passagem dele pelo clube. O jogador chega ao Heriberto Hülse com o objetivo de ajudar o  Tigre a se manter fora da zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense, e com metas pessoais. Um dos maiores artilheiros da história do Tigre, que já balançou a rede 57 vezes com a camisa tricolor, quer trazer alegrias ao torcedor.

– Esse ano não fiz nenhum gol ainda, foram quatro jogos, joguei pouco, mas me preparei mais do que joguei, e estou feliz por isso. Espero fazer uma meta de 20, 25 gols, até  final do ano – projetou o jogador.

O jogador estava no Paraná, que disputa a Série A do Brasileiro. Está em forma depois de fazer a pré-temporada completa com o ex-time. O nome dele já foi divulgado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, e agora cabe ao técnico Argel a decisão de colocar o artilheiro, ou não, na partida de domingo diante do Atlético Tubarão.

– Volto para uma casa que já conheço, estou muito feliz, empolgado, é uma satisfação grande vestir essa camisa mais uma vez, espero fazer um grande ano. Não estamos vivendo um momento bom no Estadual, mas estou chegando para ajudar a sair dessa situação. Estou  muito bem fisicamente, espero poder ajudar o Criciúma – comentou.

A primeira de Zé Carlos pelo clube teve início em 2011 e foi até o começo de 2013. Em 2012 foram 29 gols na campanha da Série B. Quase um ano e meio depois, em 2014, foi chamado para reforçar o Tigre na luta contra a degola na Série A. Fez nove jogos mas sem grande destaque, e deixou o clube assim que o rebaixamento se tornou inevitável.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
A Notícia
Busca