Tubarão devolve placar do turno, vence o Concórdia e fica longe da degola - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Catarinense07/03/2018 | 21h02Atualizada em 07/03/2018 | 22h38

Tubarão devolve placar do turno, vence o Concórdia e fica longe da degola

Vitória por 3 a 2 no Domingos Gonzales amplia para sete jogos a série invicta do Peixe no Estadual

Tubarão devolve placar do turno, vence o Concórdia e fica longe da degola Comunicação/CA Tubarão
Batista comemora o gol que abre o caminho para o triunfo do Peixe Foto: Comunicação / CA Tubarão
DC Esportes
DC Esportes

Em uma partida emocionante, o Tubarão deu mais um importante passo para se garantir na elite do Campeonato Catarinense na temporada 2019. Empurrado pela torcida no Domingos Gonzales, o Peixe fez 3 a 2 sobre o Concórdia, na noite desta quarta-feira, na abertura da 12ª rodada. No turno, o time do Sul do Estado havia perdido justamente pelo mesmo placar em duelo no Oeste e, agora, devolve o resultado para alcançar sete jogos sem perder no Estadual.

A vitória leva o Peixe aos 16 pontos, ocupando a quinta colocação no momento. A distância para o Concórdia agora é de seis pontos, uma vez que a equipe de Mauro Ovelha estacionou nos 10 pontos ao sofrer a quarta derrota consecutiva. No domingo, às 17h, o Galo do Oeste recebe o Brusque, enquanto o Tubarão entra em campo mais tarde, às 20h, quando visita o Criciúma, no Heriberto Hülse. Os jogos serão válidos pela 13ª rodada do Catarinense.

O Tubarão abriu o placar aos 20 minutos. Pelo lado direito do ataque, Alex Nemetz serviu Marcos Vinicius, que cruzou rasteiro para o meio. Sem marcação, Batista empurrou para o gol vazio. A vantagem durou só quatro minutos, pois Vinicius Batista desviou de cabeça e  empatou. A virada do Galo do Oeste foi aos 47 do primeiro tempo. Após lançamento, Aldair bateu com força e a bola ainda tocou na trave antes de morrer no fundo da rede do Peixe.

Na volta para o segundo tempo, Waguinho Dias apostou na entrada de Índio no Tubarão e o atacante ditou o ritmo para garantir os três pontos ao marcar dois gol. Aos 29 minutos, após cobrança de falta, ele desviou de cabeça para empatar.  Seis minutos mais tarde, o próprio goleador foi às redes de novo. Após receber na entrada da área, o jogador chutou na saída do goleiro Carlão e marca o terceiro gol do time da casa para festa da torcida.  

FICHA TÉCNICA

TUBARÃO - 3
Belliato; Marcos Vinicius, Jaílton, Canavesio e Jean; Liel, Everton Dias (Assis), Alex Nemetz (Índio) e Romarinho (Everton Júnior); Batista e David Batista. Técnico: Waguinho Dias. 

CONCÓRDIA - 2
Carlão; Igor Brondani, Lacerda e Gabriel Peres; Talys, Ramon (Romarinho), Wellington Neto (Gabriel), Andrei Alba, Paulinho e Aldair; Vinicius Baiano (Marcos Paulo). Técnico: Mauro Ovelha. 

GOLS: Batista (T), aos 20, Vinicius Baiano (C), aos 24, e Aldair (C), aos 47 minutos do primeiro tempo. Índio (T), aos 29 e aos 35 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS:
Liel e David Batista (T). Wellington Neto, Ramon, Gabriel Peres, Talys, Igor Brondani e Aldair (C).
ARBITRAGEM:
Fernando Miranda, auxiliado por Alex dos Santos e Johnny Barros de Oliveira.
LOCAL: Estádio Domingos Gonzales, em Tubarão.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
A Notícia
Busca