Direções definidas: o objetivo de cada time na reta final do Catarinense - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Estadual20/03/2018 | 07h55Atualizada em 20/03/2018 | 07h55

Direções definidas: o objetivo de cada time na reta final do Catarinense

Chapecoense e Figueirense estão quase garantidos na decisão de 2018

Direções definidas: o objetivo de cada time na reta final do Catarinense Salmo Duarte/A Notícia
Chapecoense depende de uma vitória na quarta-feira para garantir vaga na final do Catarinense 2018 Foto: Salmo Duarte / A Notícia
DC Esportes
DC Esportes

Poeira baixada, caminho claro. São quatro rodadas para o fim da primeira fase e a disputa do Campeonato Catarinense 2018 está bem desenhada. Chapecoense e Figueirense precisam de muito pouco para terem asseguradas as vagas na final, ainda que aberto o mando de campo do jogo único. Mas não é apenas isso. A Chape tem garantia que estará na Copa do Brasil de 2019 e o Figueira precisa de pouco para tal. A terceira vaga para o torneio nacional está perto do Avaí, mas com outros três times na briga.

Tubarão e Brusque estão entre eles, e ainda com fortes chances de conquistar vagas na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Os times que estão na luta contra o rebaixamento, também têm chances de entrarem na quarta divisão nacional neste ano. A briga será ferrenha até o dia 1º de abril, o último domingo da primeira fase do Estadual.

Final - Chapecoense, Figueirense e Avaí
Chape e Figueira estão muito próximos da grande decisão, mas ainda há disputa aberta: o mando do jogo. O primeiro colocado garante que a finalíssima seja disputada em sua casa. Os dois times se enfrentam na penúltima rodada, em Chapecó, no duelo que vai valer o local do jogo da taça.

Chapecoense – Se vencer o Hercílio Luz na próxima rodada, está garantido na final.

Figueirense – Se vencer o Joinville na próxima rodada, garante vaga na final se o Avaí não ganhar.

Avaí – Precisa vencer todos os quatro jogos que resta e torcer contra a Chapecoense e o Figueirense. A Chape não poderia somar mais que dois pontos nas quatro rodadas e o Figueira não poderia passar de cinco nas quatro partidas que restam.

¿?ndio, atacante do Tubarão
Tubarão tem na mira a conquista de um lugar na Copa do Brasil de 2019Foto: CA Tubarão / Divulgação

Copa do Brasil - Chapecoense, Figueirense, Avaí, Joinville, Tubarão e Brusque

A Federação Catarinense de Futebol deve garantir quatro vagas para o torneio em 2019 – a confirmação sai em dezembro, com a divulgação do ranking de federações. Serão três vagas pelo Estadual e uma ao campeão da Copa Santa Catarina.

Chapecoense – garantida na Copa do Brasil

Figueirense – um simples empate nos próximos quatro jogos garante que esteja entre os três

Avaí – está mais próximo de se garantir em terceiro na classificação e ficar com a última vaga

Joinville, Tubarão e Brusque – lutam para ficar terminar o torneio em terceiro, na frente do Avaí. Mas também podem torcer para que a Chape novamente se classifique para a Libertadores e um deles herde a terceira vaga.

Concórdia x Avaí
Além de lutar pela permanência na elite, o Concórdia sonha em chegar à Série D do Brasileiro no próximo anoFoto: Ricardo Artifon / Concórdia

Série D - Tubarão, Brusque, Hercílio Luz, Inter de Lages e Concórdia

São três vagas para a competição deste ano, para os melhores classificados, com exceção dos cinco times entre as três primeiras divisões do Campeonato Brasileiro

Tubarão e Brusque – estão mais próximos de ser representantes do Estado na quarta divisão nacional

Hercílio Luz, Inter de Lages e Concórdia – destes, quem se livrar da degola, de quebra, deve conseguir uma vaga para a competição nacional.

Figueirense x Inter de Lages pelo campeonato catarinense.
Inter de Lages foca nos últimos quatro jogos para evitar o rebaixamento Foto: Léo Munhoz / Diário Catarinense

Rebaixamento - Criciúma, Hercílio Luz, Inter de Lages e Concórdia

São dois os rebaixados, os piores colocados após as 18 rodadas. Matematicamente, do Avaí para baixo na classificação ainda há risco matemático. No entanto, a briga está centralizada entre quatro equipes.

Criciúma – os dois jogos em casa que tem serão contra Inter de Lages e Hercílio Luz. Vencer os duelos no Heriberto Hülse deve bastar pela permanência.

Hercílio Luz – Tem a pior tabela. Pega Chape, Figueira e Tigre como visitante. O único jogo no Aníbal Costa é ante o Concórdia, na penúltima rodada, em que vai precisar ganhar para tentar ficar na elite.

Inter de Lages – em recuperação, com cinco pontos nos últimos quatro jogos, tem jogo crucial na próxima rodada, quando encara o confronto direto com o Concórdia. Depois encara Criciúma, Tubarão e Brusque.

Concórdia – mudou comando técnico para tentar a guinada para fora do buraco. Tem dois confrontos diretos, ambos como visitante: o Inter de Lages neste meio de semana e o Hercílio Luz, duas rodadas depois.  

Leia mais notícias sobre o Catarinense 2018

 
A Notícia
Busca