Real Madrid-PSG, o planeta bola gira em torno do duelo CR7-Neymar - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Madri13/02/2018 | 14h24

Real Madrid-PSG, o planeta bola gira em torno do duelo CR7-Neymar

AFP
AFP

O Real Madrid, atual bicampeão europeu, recebe nesta quarta-feira o Paris Saint-Germain na ida das oitavas de final da Champions, um duelo que estará no centro do planeta bola, com Neymar desafiando o cinco vezes melhor do mundo Cristiano Ronaldo.

"Vamos ser o centro do mundo esse dia. Esta partida poderia facilmente ser uma final", afirmou o técnico do PSG, Unai Emery, em entrevista ao diário esportivo espanhol Marca.

Em campo, as duas equipes reunirão uma legião de craques mundiais, desde Cristiano Ronaldo e Neymar, passando por Sergio Ramos, Kylian Mbappé, Edinson Cavani, Luka Modric, Marcelo, entre outros.

Além do espetáculo, as duas equipes têm muito em jogo: o PSG quer esquecer a dramática eliminação no ano passado diante do Barcelona, enquanto o Real Madrid precisa da Champions para salvar sua temporada.

Eliminado da Copa do Rei e praticamente descartado da briga pelo título espanhol, a 17 pontos do líder Barcelona, o Real Madrid apostas todas as fichas na Champions, sua competição favorita e da qual conquistou três das últimas quatro edições.

- Aposta no trio 'BBC' -

"Só nos resta a Champions", admitiu o capitão Sergio Ramos após a eliminação na Copa do Rei, enquanto o próprio técnico do Real, Zinedine Zidane, reconheceu que seu cargo estaria ameaçado caso perca para o PSG.

De positivo para os espanhóis, o fato de Zidane poder contar com todo elenco, à exceção do suspenso lateral Dani Carvajal.

Zidane deverá optar pelo trio de ataque 'BBC' (Cristiano Ronaldo, Benzema, Bale) para tentar furar a boa defesa do PSG.

Cristiano Ronaldo é o atual artilheiro da Champions com 9 gols, três a mais que dois dos adversários que encontrará em campo nesta quarta-feira, Neymar e Cavani.

Se Ronaldo é a esperança de gols do Real, Nacho, na ausência de Carvajal, parece ser o encarregado por Zidane de parar Neymar.

O brasileiro e sua magia, que custaram 222 milhões de euros ao PSG, centralizarão boa parte das atenções no Santiago Bernabéu.

Assim como CR7, Neymar também poderá contar com seus parceiros no ataque, Cavani e o jovem francês Mbappé. Juntos, o trio de ouro de Paris tem a missão de fazer os torcedores esquecerem a traumática eliminação diante do Barcelona no ano passado, quando o PSG venceu por 4 a 0 o jogo de ida, mas foi derrotado por 6 a 1 na volta e eliminado da Champions.

- Diarra briga por titularidade -

"Esta equipe está melhor preparada agora e nesse processo do PSG logicamente vamos colocando camadas por cima disso para que não se repita, para que sejamos mais fortes em todos os sentidos", declarou recentemente Emery em entrevista à Bein Sports, ao comentar a eliminação do ano passado.

"A mensagem é que acreditamos em nós, que estamos preparados para jogar duelos como este", completou.

Enquanto o Real vem se mostrando irregular, o PSG vem atropelando os adversários durante toda a temporada, com apenas duas derrotas e dois empates no total.

Apesar de tudo, Emery prefere optar pela cautela e lembra que "vamos jogar contra a melhor equipe do mundo, que é o Real Madrid, que ganhou três das últimas quatro Champions".

A grande dúvida de Emery na equipe titular é em relação ao jogador que atuará como meia de contenção. Com a ausência do lesionado Thiago Motta, brigam por uma vaga na equipe Lass Diarra, contratado em janeiro, o argentino Giovani Lo Celso, mais ofensivo, e Adrien Rabiot, que tem sido mais aproveitado pelo técnico.

* AFP

 
A Notícia
Busca