Mineiro aprova equilíbrio defensivo do Tubarão nos últimos jogos - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Peixe05/02/2018 | 20h08Atualizada em 05/02/2018 | 20h09

Mineiro aprova equilíbrio defensivo do Tubarão nos últimos jogos

Zaga do time comandado por Waguinho Dias está invicta há três partidas

Mineiro aprova equilíbrio defensivo do Tubarão nos últimos jogos CA Tubarão/Divulgação
Mineiro festeja boa fase da zaga do Peixe Foto: CA Tubarão / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

O Tubarão alcançou uma marca expressiva no último fim de semana. Após sofrer sete gols em três partidas pelo Catarinense 2018, o técnico Waguinho Dias mudou o setor defensivo do time e o resultado logo apareceu. O Peixe não teve a defesa vazada nos últimos três jogos, algo que parecia impossível diante da instabilidade dos primeiros duelos da temporada. E um dos motivos para a boa fase foi a entrada do zagueiro William Mineiro na equipe titular.

– Estou vivendo um bom momento, o pessoal está gostando do meu trabalho. Sou grato aos torcedores, companheiros de equipe, comissão e direção, que me dão o suporte necessário dentro e fora de campo. Estamos encontrando um equilíbrio, isso ficou nítido nas últimas partidas. Compramos a ideia do Waguinho de que um time bem postado corre menos risco de sofrer gols. As oportunidades vão aparecer lá na frente – disse o jogador.

O último gol sofrido pelo Tubarão foi na derrota, por 3 a 2, para o Concórdia, pela terceira rodada do Catarinense. Depois disso, o time venceu o Criciúma (3 a 0), pelo Estadual, além de fazer 2 a 0 sobre o América-RN, na Copa do Brasil. No sábado, o terceiro jogo sem ter a defesa vazada foi o 0 a 0 diante do Brusque, novamente pela competição do Estado. Agora, o Peixe se prepara de olho em partidas contra a Chapecoense, sexta-feira, e Avaí, na segunda.

– São dois compromissos difíceis contra equipes de relevância no cenário nacional. Vamos entrar em campo para vencer, como em todas as partidas. Precisamos jogar com inteligência e tranquilidade para trazer pontos para o Tubarão e melhorar nossa posição na classificação.

E vencer é o que mais necessita o Peixe. Apesar da boa fase da defesa, o time é apenas o nono colocado, com quatro pontos. A penúltima posição só é possível por ter saldo de gol zerado, enquanto o lanterna Criciúma, que tem a mesma pontuação, aparece com saldo de quatro gols negativos.

Veja a tabela completa do Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
A Notícia
Busca