Bandeira norte-coreana hasteada na Coreia do Sul para Olimpíadas de Inverno - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Seul01/02/2018 | 06h24

Bandeira norte-coreana hasteada na Coreia do Sul para Olimpíadas de Inverno

AFP
AFP

A bandeira nacional da Coreia do Norte foi hasteada na Coreia do Sul nesta quinta-feira em função dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, graças a uma dispensa especial da justiça para evitar que o comitê organizador infringisse a lei.

As duas Coreias seguem tecnicamente em guerra, já que o conflito terminou em 1953 com um armistício e não um tratado de paz.

De acordo com a legislação sobre segurança nacional, elogiar a Coreia do Norte é ilegal e pode resultar em uma pena de sete anos de prisão. Exibir a bandeira norte-coreana também é ilegal.

Mas para respeitar o protocolo do Comitê Olímpico Internacional (COI), segundo o qual as bandeiras de todos os países participantes devem ser hasteadas, a justiça sul-coreana anunciou uma isenção para as sedes dos Jogos Olímpicos.

A vila olímpica foi inaugurada oficialmente nesta quinta-feira.

A partir de segunda-feira serão organizadas as cerimônias de recepção dos atletas, com a presença da Guarda Militar de Honra sul-coreana, exceto no caso da Coreia do Norte, quando participarão voluntários civis.

O porta-voz do comitê organizador, Lee Ji-Hye, não explicou o motivo, mas a agência de notícias Yonhap informou que o governo não deseja que os soldados sul-coreanos saúdem os símbolos inimigos.

Vinte e dois atletas norte-coreanos participarão dos Jogos de Inverno.

* AFP

A Notícia
Busca