Putin pede perdão a atletas por escândalo de doping antes dos Jogos - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Moscou31/01/2018 | 12h59

Putin pede perdão a atletas por escândalo de doping antes dos Jogos

AFP
AFP

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu perdão nesta quarta-feira aos atletas de seu país por não ter conseguido "protegê-los" do escândalo de doping que custou a vários deles o direito de disputar os Jogos Olímpicos de inverno de Pyeongchang.

"Perdoem-me por não ter conseguido protegê-los disso", declarou Putin, em discurso diante de atletas considerados "limpos" a competir sob a bandeira olímpica na Coreia do Sul.

O presidente russo também declarou que lhe parecia "estranha" a exclusão de alguns dos atletas de seu país nos Jogos.

"É duplamente mais difícil (de participar nos Jogos Olímpicos) quando o esporte se mistura com acontecimentos (...) que lhe são alheios, como a política ou outra coisa", lamentou Putin.

A Rússia foi suspensa em 5 de dezembro dos Jogos Olímpicos de Pyongchang (que começam em 9 de fevereiro), sacudida por um grande escândalo de doping institucional no esporte entre 2011 e 2015, e especialmente nos Jogos de inverno de Sochi-2014.

Contudo, o Comitê Olímpico Internacional autorizou aos atletas russos "limpos" de participarem sob bandeira neutra, depois de uma filtragem realizada pelo próprio COI.

* AFP

 
A Notícia
Busca