Polêmica entre United e Sevilla por preço de ingressos na Liga dos Campeões - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Londres10/01/2018 | 17h16

Polêmica entre United e Sevilla por preço de ingressos na Liga dos Campeões

AFP
AFP

O Manchester United vai subvencionar parte do preço do ingresso para os torcedores ingleses irem ao jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, em Sevilla, anunciou nesta quarta-feira a equipe do norte da Inglaterra.

O United vai pagar 35 libras para cada torcedor que for ao estádio Sánchez Pizjuán, dia 21 de fevereiro.

O clube inglês vai extrair a ajuda de custo de lucros com ingressos vendidos aos torcedores espanhóis que forem assistir o jogo de volta no Old Trafford, dia 13 de março, cujo preço será de 89 libras.Sendo assim, cada torcedor dos Diabos Vermelhos pagará 54 libras para ir à Sevilla.

"Nesta ocasião, acreditamos que nossos torcedores que se deslocarem estarão sendo submetidos injustamente a preços excessivos por parte do clube anfitrião", indicou o United em comunicado.

"Recebemos muitos pedidos individuais e coletivos para fazermos algo a respeito", acrescentou.

Diante da negativa do Sevilla em diminuir o preço dos ingressos, o Manchester United decidiu cobrar dos torcedores andaluzes uma quantidade similar.

"Usaremos este incremento para custear parte dos ingressos de nossos torcedores", confirmou o clube inglês.

O Sevilla reagiu ao comunicado e informou que também vai financiar parte dos ingressos dos torcedores espanhóis que viajarem à Manchester.

Os andaluzes explicaram que exigiram os 5% de ingressos da normativa da Uefa (3.800 lugares), com preços entre 50 e 60 libras anunciados pelo United, mas só receberam 2.995 entradas.

"Aludindo a questões de segurança, o clube britânico não cumpriu a regulação da Uefa", criticou o Sevilla, que acrescentou que as negociações com o United para entrar em acordo sobre o preço dos ingressos "não foram possíveis".

O Sevilla "vai subvencionar os ingressos de seus torcedores que viajarem para Manchester, na mesma proporção em que se aumentem os preços inicialmente comunicados. Sendo assim, os torcedores não pagarão mais do que os 60 euros estabelecidos em um primeiro momento", anunciou o clube espanhol.

* AFP

Siga AN Esportes no Twitter

    A Notícia
    Busca