Guga festeja chance e mira vaga entre os titulares do Avaí - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Confiante08/01/2018 | 15h19Atualizada em 08/01/2018 | 15h24

Guga festeja chance e mira vaga entre os titulares do Avaí

Aos 19 anos, lateral-direito pretende conquistar espaço no time de Claudinei Oliveira

Guga festeja chance e mira vaga entre os titulares do Avaí Marco Favero/Diário Catarinense
Guga trabalha entre os profissionais do Avaí em Águas Mornas Foto: Marco Favero / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

Destaque das categorias de base do Avaí, o lateral-direito Guga é um dos jogadores em treinamento com o elenco profissional em Águas Mornas, local da preparação antes da estreia no Campeonato Catarinense. Aos 19 anos, ele festejou o fato de trabalhar com o restante do grupo comandado pelo técnico Claudinei Oliveira e prometeu lutar por um lugar entre os titulares.

– Pela primeira vez eu estou no elenco profissional, todo jogador que está na base sonha em chegar ao profissional. Estou muito feliz com o que tem acontecido comigo, tenho buscado meu espaço, tento me entrosar mais com o grupo e aos poucos vamos conquistando espaço, ganhando a confiança do treinador e trabalhando para poder jogar – falou Guga.

O lateral, porém, terá que esperar para jogar como profissional pelo Avaí. Isso porque, Guga se envolveu em uma confusão no Catarinense Sub-20 e foi punido com sete partidas de suspensão. A diretoria tenta efeito suspensivo para garantir o jogador no Estadual. 

– A questão da suspensão, como eu conversei com alguns, eu me arrependi de tudo, mas serve de aprendizado. Estou com a cabeça tranquila, não vai acontecer de novo. Nesses quatro, cinco anos, eu nunca tinha sido suspenso. E não poder jogar por conta de um mau comportamento é complicado, meus pais sempre falaram para eu evitar essas coisas – disse.

Apesar de não ter mais a concorrência de Maicon, que deixou o Avaí após o rebaixamento, Guga terá como rival pela camisa 2 outro atleta: Tiago Cametá, emprestado pelo Ceará. Independente disso, o jovem lateral apontou o trabalho como algo essencial para conquistar a vaga.

– Sou um cara que gosta de trabalhar, sou chato comigo mesmo, procuro a perfeição, dentro e fora de campo. Sou um cara de grupo, gosto de um bom entrosamento com todos eles e o torcedor pode esperar meu máximo para fazer o melhor para o clube e fazer o torcedor feliz – completou.

O Avaí estreia no Catarinense no dia 17, às 20h30min, contra o Inter de Lages, no Tio Vida, em Lages.

 Leia mais notícias do Avaí

A Notícia
Busca