Democracia azurra: conheça as propostas dos candidatos à presidência do Avaí - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Opinião08/12/2017 | 07h12Atualizada em 08/12/2017 | 07h12

Democracia azurra: conheça as propostas dos candidatos à presidência do Avaí

Alexandre Lapagesse e Francisco Battistotti disputam preferência dos sócios do Leão em eleição neste sábado 

Democracia azurra: conheça as propostas dos candidatos à presidência do Avaí Betina Humeres/Diário Catarinense
Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

A regência do Avaí nos próximos quatro anos será decidida nas urnas. Neste sábado, aproximadamente 4,5 mil sócios terão no voto a escolha da nova presidência do clube, na primeira eleição direta azurra. O administrador José Francisco Battistotti, de 69 anos, busca seguir no cargo que passou a ocupar com a saída de Nilton Macedo Machado em abril do ano passado. Ele encabeça a chapa “Avaí para o Futuro”. A outra chapa, “Avaí Mais Forte”, tem à frente o técnico judiciário Alexandre Lapagesse da Silva, de 44 anos. Battistotti prima pelo equilíbrio das contas, sem deixar de lado o futebol. Lapagesse enfoca no futebol, mas com gestão financeira responsável. Confira as propostas e ideias dos candidatos.

 FLORIANOPOLIS, SC, BRASIL, 07/12/2017 - Eleicoes  Avai - candidatos a diretoria do Avai debatem na CBN DiarioFoto: Candidato Alexandre LapagesseLocal: FlorianópolisIndexador: Betina HumeresFonte: Diário Catarinense
Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense

Alexandre Lapagesse (Avaí Mais Forte)

Bandeira
Investimento no futebol. Foco no futebol para o Avaí voltar a ser campeão, conquistar títulos.

Futebol
Hegemonia em Santa Catarina. Conquistar estaduais e título da Série B. Para ter o domínio do futebol catarinense, caminho é conquista expressiva, como Copa do Brasil ou Copa Sul-Americana.

Base
Manter os investimentos em base e se cercar para não perder atletas antes de idade profissional. Ter 30% de jogadores da casa entre titulares da equipe principal, para elevar a valorização e ser fonte de receita futura.

Finanças
Saneamento do clube tem de continuar, mas não podemos pensar apenas nisso. Temos de pensar também no futebol. Temos que conseguir voltar a ganhar títulos e também manter o saneamento do clube.

Gestão
Manutenção do corpo administrativo local, com adequações, mas com mudanças no futebol. A base da comissão técnica que está no clube há um longo período, permanece. Porém, com troca nos cargos de treinador, auxiliar e de algum dirigente.

 FLORIANOPOLIS, SC, BRASIL, 07/12/2017 - Eleicoes  Avai - candidatos a diretoria do Avai debatem na CBN DiarioFoto: Candidato Francisco BattistottiLocal: FlorianópolisIndexador: Betina HumeresFonte: Diário Catarinense
Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense

Francisco Battistotti (Avaí para o Futuro)

Bandeira
Saneando financeiro e com busca de resultados esportivos. Gestão de finanças controlada aliado ao desempenho em campo.

Futebol
Buscar o título do Catarinense de imediato, acessar a Série A em 2018 para que no ano seguinte possamos buscar alguma coisa, como a Sul-Americana.

Base
Exigência para que elenco profissional utilize jogadores da base. Manutenção da atual estrutura e amplia-la com projeto para captação de recursos à construção de alojamento para 120 atletas, por meio de lei de incentivo ao esporte.

Finanças
Manter e colocar as contas em dias. Nenhum clube brasileiro que não começar a sanear suas contas terá problemas no futuro. Em 2019 ou 2020, com o Avaí saneado, aparecerão investidores.

Gestão
Mantida a atual estrutura administrativa, conversamos com um diretor para tratar do relacionamento com o associado. Meu vice vai cuidar de comercial e marketing com o objetivo de incremento na receita do clube.

 Leia mais notícias do Avaí 

Foto:


A Notícia
Busca