Cristiano Ronaldo conquista quinta Bola de Ouro - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Paris07/12/2017 | 18h12

Cristiano Ronaldo conquista quinta Bola de Ouro

AFP
AFP

O português Cristiano Ronaldo cumpriu os prognósticos e recebeu sua quinta Bola de Ouro, nesta quinta-feira, em Paris, igualando o número de prêmios de seu grande rival, o argentino Lionel Messi, que ficou em segundo lugar na votação.

O craque do Real Madrid, que em 2017 ergueu os troféus da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol com o clube espanhol, já havia recebido o prêmio individual em 2008, 2013, 2014 e 2016.

"Com certeza estou muito feliz. Este é um objetivo que persigo todos os anos", afirmou Cristiano Ronaldo durante a cerimônia de entrega do prêmio, realizada na emblemática Torre Eiffel, em Paris.

"Os troféus que ganhei no ano passado me ajudaram a conseguir este prêmio. É graças a meus companheiros de equipe no Real Madrid. Quero agradecer também a todos que me ajudaram a chegar a este nível", completou o astro.

A vitória de Cristiano Ronaldo e o segundo lugar de Messi já eram esperados. O suspense ficou reservado para o nome do jogador que completaria o pódio da Bola de Ouro.

A honra acabou ficando com o brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain, que sucedeu ao francês Antoine Griezmann, terceiro colocado na edição passada do prêmio. Desta vez, o atacante do Atlético de Madrid caiu para o 18º lugar.

O caminho de Cristiano Ronaldo até a conquista da Bola de Ouro neste ano foi percorrido sobre tapete vermelho desde 3 de junho, quando o astro português ergueu a taça 'Orelhuda' da Champions, com direito à vitória por 4 a 1 sobre a Juventus na final.

Na decisão do torneio continental, CR7 marcou dois gols e terminou como maior artilheiro da competição pelo quinto ano consecutivo, desta vez com 12 gols.

- Dois recordes na quarta-feira -

Esta nova distinção é o terceiro prêmio individual de Cristiano Ronaldo nesta temporada, depois de receber o prêmio de melhor jogador Uefa 2016-2017 e o Fifa 'The Best' de melhor jogador de 2017.

Como aperitivo para a coroação na Torre Eiffel, Cristiano Ronaldo viveu na quarta-feira uma noite de recordes, na vitória por 3 a 2 do Real Madrid sobre o Borussia Dortmund, na Liga dos Campeões.

Durante a partida, Cristiano marcou seu nono gol na competição e se tornou o primeiro jogador da história a marcar em cada uma das seis rodadas da fase de grupos da Champions. O português também alcançou Messi como maior artilheiro da história da fase de grupos, com 60 gols.

Este atleta incansável cumprirá 33 anos em 5 de fevereiro. Sua quinta Bola de Ouro chega após um início de temporada 2017-18 não tão brilhante, no qual marcou 12 gols e deu 3 assistências em 18 jogos. Estes números seriam comemorados por qualquer jogador, mas, para Cristiano Ronaldo, significam um retrocesso em relação a temporadas passadas.

Em 2016, sua escolha como melhor jogador do mundo recompensou uma temporada em que conquistou o inédito título da Eurocopa com a seleção portuguesa, além do título europeu e Mundial com o Real.

- Marcelo e Coutinho na lista -

Além do trio Cristiano Ronaldo-Messi-Neymar, que dominou a votação neste ano, o quarto lugar ficou com o veterano goleiro Gianluigi Buffon, finalista da Champions com a Juventus.

O espanhol Sergio Ramos, do Real Madrid, que era tido como um candidato ao pódio da Bola de Ouro, terminou no sexto lugar, enquanto o jovem francês Kylian Mbappé, agora no Paris Saint-Germain, foi sétimo graças à bela campanha pelo Monaco na temporada passada.

Além de Neymar, o Brasil só teve mais dois jogadores na lista dos 30 melhores jogadores do mundo, o lateral-esquerdo do Real Madrid Marcelo, 16º colocado, e o atacante Philippe Coutinho, do Liverpool, na 29ª posição.

* AFP

A Notícia
Busca