Cristiano Ronaldo a um passo de igualar Messi na Bola de Ouro - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Paris06/12/2017 | 14h11

Cristiano Ronaldo a um passo de igualar Messi na Bola de Ouro

AFP
AFP

Tudo indica que Cristiano Ronaldo vai alcançar o rival Lionel Messi com cinco Bolas de Ouro, o prestigioso prêmio que vai ser entregue nesta quinta-feira, em reconhecimento à grande temporada liderando o Real Madrid aos títulos da Liga espanhola e da Liga dos Campeões.

Caso o prognóstico de confirme, CR7 e Messi vão dividir o recorde em conquistas da Bola de Ouro, com cinco cada um. Outra lendas do futebol, como Johan Cruyff, Michel Platini e Marco Van Basten têm três conquistas de melhor jogador da temporada.

Messi, de 30 anos, levantou o troféu em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015. Já o português, com 33 velas assopradas, venceu o prêmio em 2008, 2013, 2014 e 2016. Os dois monopolizaram a disputa nos últimos 10 anos.

No ano passado, a Bola de Ouro foi para Ronaldo depois do luso liderar o Real Madrid ao 11º título da Liga os Campeões. Com a seleção portuguesa, o camisa 7 levou o país ao primeiro título internacional, a Eurocopa da França-2016.

O prêmio é entregue pela revista France Football, decidido pelo voto de 173 jornalistas de todo mundo. Cada um deles deve votar em cinco jogadores de uma lista de 30.

O critério de votação parece simples, combinando elementos do rendimento individual, como gols e assistências, com os títulos coletivos no ano. No entanto, a premiação celebrou a carreira de um jogador em algumas oportunidades.

As casas de apostas britânicas dão claro favoritismo à Ronaldo, ao ponto de deixarem de aceitar apostas no português.

O Top5 é completado por Messi, Neymar, Buffon e Harry Kane, atacante inglês que pagaria 66 libras para cada 1 libra apostada na surpresa, caso o jogador do Tottenham leve o troféu.

- Liga, Champions e artilheiro europeu -

A temporada 2016-2017 iniciou lentamente para Cristiano. Mas o final foi apoteótico, com os títulos do Campeonato Espanhol e o bicampeonato consecutivo da Liga dos Campeões, feito inédito na era moderna da competição.

Ronaldo terminou a competição continental como artilheiro, com 12 gols marcados. Oito deles foram marcados nas fases decisivas do torneio, sendo dois na final contra a Juventus (4-1).

"A temporada passada foi sensacional. Conquistamos a Liga e a Champions, sendo um mais uma vez o artilheiro", falou Ronaldo em entrevista recente ao jornal francês L'Equipe.

Os feitos do time merengue colocaram seis jogadores do Real Madrid na lista de 30 indicados à Bola de Ouro: Karim Benzema, Isco, Luka Modric, Sergio Ramos, Toni Kroos e Cristiano Ronaldo.

O Barcelona, por outro lado, só conseguiu colocar a dupla de atacantes formada por Messi e o Uruguaio Luis Suárez. Os catalães foram eliminados pela Juventus nas quartas de final.

Ronaldo não está satisfeito em alcançar Messi com cinco Bolas de Ouro: "Quero sete. Cinco é bom, mas sete é meu número da sorte e seria incrível".

- Sete filhos e Bolas de Ouro -

"Quero sete filhos e sete Bolas de Ouro", insistiu o português, que recentemente teve seu quarto herdeiro.

Apesar das chances serem pequenas, existem dúvidas sobre quem vai vencer o prestigioso prêmio, já que o passado reservou surpresas. Em 2010, Messi levou o título mesmo com os companheiros de Barça, Xavi Hernández e Andrés Iniesta, que completaram o pódio e levantaram a Copa do Mundo da África do Sul.

Naquele ano, o meia holandês Wesley Sneijder liderou a Inter de Milão ao inédito título da tríplice coroa, com as conquistas da Liga dos Campeões, Serie A e Copa da Itália. Além disso, o craque jogou a final da Copa do Mundo com a Holanda.

O início ruim da temporada 2017-18 joga contra Ronaldo, que só marcou dois gols no Campeonato Espanhol e vê o líder Barcelona a oito pontos de distância.

Messi também concentrou as atenções com três gols decisivos na vitória por 3 a 1 sobre o Equador, o que confirmou a Argentina na Copa do Mundo da Rússia-2018.

"Lionel é como Maradona para nossa geração", disse o atacante da Juventus Paulo Dybala, considerado um potencial candidato à Bola de Ouro no futuro.

"Nos colocou na Copa do Mundo com seu 'hat-trick' no Equador. É um líder nato", falou La Joya.

* AFP

A Notícia
Busca