Basquete de Joinville não resiste à força do Bauru e sofre a primeira derrota no NBB - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Toque de Letra17/11/2017 | 21h50Atualizada em 17/11/2017 | 21h50

Basquete de Joinville não resiste à força do Bauru e sofre a primeira derrota no NBB

Equipe da casa caiu de rendimento após o intervalo em jogo na noite desta sexta, na Whirlpool

Basquete de Joinville não resiste à força do Bauru e sofre a primeira derrota no NBB Divulgação / Bauru Basket/Bauru Basket
Foto: Divulgação / Bauru Basket / Bauru Basket

O basquete de Joinville até tentou, mas não resistiu à força do Bauru-SP na noite desta sexta-feira, no Ginásio da Whirlpool. A equipe catarinense conseguiu se manter competitiva até o intervalo do confronto, mas no terceiro e, principalmente, no quarto período caiu diante do poderio ofensivo dos paulistas, que venceram por 71 a 97.

Os norte-americanos dominaram as estatísticas de pontuação. Do lado do Bauru, Anthony anotou 20 pontos. Pelo Joinville, Stocks fez 17. Ex-jogador de Joinville, Shilton esteve em quadra durante 17 minutos, teve 100% de aproveitamentos dos arremessos (seis pontos) , buscou dois rebotes defensivos e deu uma assistência.

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Confira as últimas notícias do esporte  

Com uma vitória e uma derrota em duas rodadas, o time agora passará duas semanas sem jogos no Novo Basquete Brasil (NBB). O próximo compromisso ocorrerá apenas no dia 2 de dezembro, quando a equipe irá ao Rio de Janeiro enfrentar o poderoso Flamengo. Na sequência, também fora de casa, encara o Minas, no dia 4. O retorno a Joinville ocorrerá no dia 6 de dezembro, quando a equipe recebe a Liga Sorocabana

O campeão da última edição do NBB estava diante dos joinvilenses, mas o rótulo carregado pela equipe de Bauru não assustou os donos da casa - pelo menos no começo do jogo. Apesar da evidente melhor condição técnica do adversário, o Joinville conseguiu manter o duelo equilibrado nos primeiros minutos da partida. Apenas na reta final do primeiro quarto, o Bauru abriu vantagem e fechou o quarto em 26 a 19. 

No segundo quarto, os paulistas marcaram os primeiros quatro pontos do período, colocaram 11 à frente e davam a impressão de que poderiam ter tranquilidade no placar. Mas o Joinville reagiu, equilibrou o confronto e diminuiu a vantagem para nove. O placar do segundo período fechou em 48 a 39, com parcial de 22 a 20 para o Bauru.

No terceiro quarto, veio a maior vantagem. Novamente nos primeiros minutos do período, o Bauru foi melhor, abriu 18 pontos e começou a consolidar a vitória.  O Joinville reagiu, assim como fez no segundo quarto, mas recuperação não impediu os paulistas de vencerem o quarto por 25 a 19, aumentando a diferença para 15 pontos: 73 a 58. 

No último quarto, o fato marcante foram as duas perdas do técnico Demetrius Ferracciu, que viu Gui e Stefano deixarem a quadra lesionados. Nem os desfalques impediram o Bauru de colocar 26 pontos de dianteira para fechar o jogo com 97 a 71.

A Notícia
Busca