Zagueiro destaca ascensão do time na Série B: "Quem está surpreendendo é o Criciúma" - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Sem modéstia01/09/2017 | 16h55Atualizada em 01/09/2017 | 18h23

Zagueiro destaca ascensão do time na Série B: "Quem está surpreendendo é o Criciúma"

Edson Borges falou sobre a campanha do clube, que iniciou o campeonato no Z-4 e agora briga pelo acesso à elite nacional

Zagueiro destaca ascensão do time na Série B: "Quem está surpreendendo é o Criciúma" Caio Marcelo/www.criciuma.com.br / Divulgação/Divulgação
Foto: Caio Marcelo/www.criciuma.com.br / Divulgação / Divulgação

Enquanto a Série B não recomeça, os times aproveitam o período para reforçar os treinamentos. A parada é uma boa oportunidade para os técnicos relembrarem conceitos, e no caso do Criciúma o foco é a parte física e o sistema de transição. Em 10º lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, o Tigre mantém a ascensão a cada ponto conquistado, o que tem agradado o elenco carvoeiro na busca pelo G-4. Para o zagueiro Edson Borges, se algum time tem surpreendido no campeonato, é fácil dizer qual.

— Para mim, quem está surpreendendo é o Criciúma, para quem estava com um ponto e está ai brigando, sendo visto com outros olhos. A gente trouxe de novo essa vontade do torcedor vir ao estádio, de olhar o Criciúma diferente. Estava um negócio meio que (o outro time) vai ganhar, vão passar por cima (do Criciúma), e agora não, eles estão tendo mais respeito e isso é importante. A gente espera neste segundo turno surpreender de novo para conquistar esse acesso — projetou.

Ao todo, serão 18 dias até o Criciúma voltar a campo pelo Campeonato Brasileiro. A retomada será no dia 9 diante do Luverdense no Heriberto Hülse, às 16h30min. Até lá, o Tigre terá um jogo-treino neste sábado contra o Atlético Tubarão no Centro de Treinamento do bairro Cristo Redentor, às 10h. O olhar vigilante da comissão técnica e o trabalho pesado do preparador físico Luciano Ilha têm rendido bons resultados.

— A gente sabe que hoje o futebol tem muita transição, então temos que ter essa transição rápida tanto para defender como atacar. Deixamos um pouco a desejar nisso, até mesmo pelo ritmo dos jogos, não tinha tempo para treinamento e o ritmo começa a cair. Com esse tempo que a gente teve agora a parte física melhorou bastante, foram feitos testes e o pessoal se empenhou o máximo possível. Vamos ter mais uma semana, então isso é muito importante. Estamos fazendo um bom trabalho e esperamos voltar com tudo nesses jogos em casa — avaliou.

Leia mais:
Criciúma lança promoção de ingressos para as duas partidas em casa na retomada do Brasileiro
Criciúma recebe o Atlético Tubarão para jogo-treino no sábado
Confira as últimas notícias do Criciúma
Acesse a tabela da Série B


 
A Notícia
Busca