Na base da superação, Avaí vence o Sport e sai da zona de rebaixamento - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Série A10/09/2017 | 17h56Atualizada em 10/09/2017 | 19h06

Na base da superação, Avaí vence o Sport e sai da zona de rebaixamento

Time catarinense faz 1 a 0 em Recife e, beneficiado por outros resultados, deixou o Z-4 do Campeonato Brasileirão 

Na base da superação, Avaí vence o Sport e sai da zona de rebaixamento CARLOS EZEQUIEL VANNONI/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: CARLOS EZEQUIEL VANNONI / ESTADÃO CONTEÚDO

Na base da raça e da superação, o Avaí surpreendeu o Sport na Ilha do Retiro. Com gol de Junior Dutra ainda no primeiro tempo, o time catarinense venceu por 1 a 0 neste domingo. Beneficiado por resultados de outras partidas na rodada do Campeonato Brasileiro, o Leão da Ilha deixou a zona de rebaixamento. Por enquanto, a equipe está na 14ª colocação com 28 pontos. Porém, ainda pode perder posições até o fim da 23ª rodada, dependendo dos resultados de Chapecoense e Cruzeiro, e Atlético-GO e Bahia (esse jogo nesta segunda), mas não retorna ao Z-4. 

No returno do Brasileirão, o time azurra ainda não perdeu. Em quatro jogos, são três vitórias e um empate. O Avaí volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Atlético-MG, às 11h, na Ressacada.

O Avaí não se intimidou diante do Sport. No primeiro tempo, soube anular a principal arma do adversário, o meia-atacante Diego Souza. Marcou do meio para trás e saiu nos contra-ataques. Nem por isso deixou de levar alguns sustos, como na tentativa de bicicleta de Diego Souza e no chute de longe de Patrick. 

Na melhor oportunidade do Sport, o lateral Capa apareceu de anjo da guarda azurra. Primeiro, Everton Felipe arriscou e o goleiro Douglas espalmou. Na sequência, livre de marcação, Rithely bateu e Capa tirou quase em cima da linha. 

O Avaí manteve a postura, mas faltava acertar o último passe nos contra-ataques. Até que, aos 26 minutos da etapa inicial, Juan acertou o cruzamento na cabeça de Junior Dutra. O artilheiro avaiano fez o sexto gol dele no Brasileirão. 

À frente no placar, a equipe catarinense poderia ter ampliado na Ilha do Retiro. Em cobrança de escanteio, Airton tentou de cabeça e o goleiro Magrão salvou o Sport. Judson ainda pegou o rebote, mas acertou a bola no adversário.

O Avaí retornou do intervalo com a mesma postura. O time esperava o Sport e tentava acertar o contra-ataque. A pressão inicial dos donos da casa quase se reverteu em gol logo no primeiro minuto, quando Diego Souza pegou a sobra dentro da área e de frente para Douglas. O chute saiu forte. Betão se atirou na frente da bola, evitando o empate.  

Empurrado pelo torcedor, o Sport se jogou ao ataque. O time de Recife tentou pelo meio e pelo alto, mas se deparou com uma dupla de zaga avaiana inspirada. Airton e Betão foram bem por cima e por baixo. Na base da força, os donos da casa esbarraram na raça avaiana, que volta de Recife com mais três pontos na tabela do Brasileirão e fora do Z-4.

Ficha técnica

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Bruno); Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Patrick, Rithely (Osvaldo), Wesley e Everton Felipe (Rogério); Diego Souza e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Avaí: Douglas; Leandro Silva, Airton, Betão e Capa (Romulo); Simião, Judson e Pedro Castro; Juan (João Paulo), Junior Dutra e Joel (Willians). Técnico: Claudinei Oliveira.

Gol: Junior Dutra (A, aos 26min do 1º tempo)

Cartões amarelos: Diego Souza, Henríquez, André, Mena (S), Capa, Kozlinksi, Junior Dutra, Romulo, João Paulo (A)

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes, auxiliado por Rodrigo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (trio do RJ).

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Público: 9.870

Renda: R$ 200.541

Leia mais notícias sobre o Avaí
Confira a
tabela da Série A do Brasileiro


A Notícia
Busca