Guardiola diz "não" para troca Sánchez-Sterling - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Manchester08/09/2017 | 16h41

Guardiola diz "não" para troca Sánchez-Sterling

AFP
AFP

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola revelou nesta sexta-feira que impediu a chegada do atacante chileno Alexis Sánchez ao Etihad Stadium, já que o Arsenal queria o jovem Raheem Sterling como moeda de troca.

Os dois clubes negociaram durante o último dia de contratações, em 31 de agosto, mas devido à impossibilidade dos Gunners contratarem o francês Thomas Lemar a transação com o artilheiro do Chile não aconteceu.

"O Arsenal queria uma troca por Raheem. Falaram comigo e eu disse que não, de jeito nenhum", revelou Guardiola antes do duelo contra o Liverpool.

A troca não aconteceu "porque acredito muito em 'Raz'. Tem 22 anos, é um jogador inglês e tem muito potencial para melhorar", acrescentou o treinador catalão.

"A única possibilidade que tínhamos era chegar a um acordo econômico. Eles iam aceitar, mas no final não conseguiram contratar o jogador que queriam e Alexis ficou no Arsenal", concluiu Pep sobre a negociação frustrada para contar com o atacante.

A imprensa inglesa informou que o City ofereceu 66 milhões de euros por Sánchez. O contrato do jogador se encerra em junho de 2018.

"Não sei o que vai acontecer na janela de meio de temporada", afirmou Guardiola quando perguntado se Sánchez assinaria com os Citizens.

Guardiola também se mostrou feliz com a decisão da Premier League de antecipar o fim da janela de transferências para antes do início do campeonato.

"Parece a melhor das ideias e espero que se possa unificar em toda Europa", garantiu Pep.

* AFP

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros