Chapecoense testa fama de time copeiro diante do Flamengo - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Às 19h15min20/09/2017 | 07h15Atualizada em 20/09/2017 | 07h16

Chapecoense testa fama de time copeiro diante do Flamengo

Verdão duela com o Rubro-negro nesta quarta-feira, na Ilha do Urubu, em jogo que vale vaga nas quartas de final da Sul-Americana

Chapecoense testa fama de time copeiro diante do Flamengo Artes DC/Artes DC
Foto: Artes DC / Artes DC

Pela primeira vez em três anos de participação na Copa Sul-Americana, a Chapecoense vai decidir a vaga para a próxima fase longe de casa. Nesta quarta-feira, às 19h15min, o Verdão encara o Flamengo na Ilha do Urubu. Nos oito confrontos anteriores, a decisão sempre foi na Arena Condá. E somente num deles, contra o River Plate, em 2015, a Chape não passou de fase, caindo nas quartas de final.

Neste ano, a equipe catarinense perdeu para o  Defensa Y Justicia por 1 a 0, na Argentina, mas devolveu o placar em casa e venceu nos pênaltis por 4 a 2. No primeiro confronto das oitavas, o 0 a 0 contra o Flamengo, em Chapecó, deixou a disputa em aberto, mantendo as esperanças do Verdão de conseguir nova classificação. Nem que para isso precise superar o fato novo: encarar a torcida rival na "decisão".

– O primeiro jogo foi muito difícil, mas por outro lado não tomamos gol. Neste jogo esperamos manter o desempenho no setor defensivo e esperamos que o gol saia – disse o técnico interino Emerson Cris, que está prestigiado após a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro, fora de casa.

Apesar de nunca ter vencido o Rubro-negro no Rio de Janeiro, a Chapecoense já conseguiu um empate por 2 a 2 na casa do adversário. E empate com gols serve para o time catarinense seguir na Sul-Americana. Para balançar as redes, a equipe conta com um ex-jogador flamenguista: Arthur Caike. O atleta esteve no Rubro-negro em 2014, quando fez 12 jogos, mas não marcou gols. 

Arthur não atuou no primeiro confronto da Sul-Americana, em virtude de uma lesão no pé. Mas jogou contra o Grêmio e marcou o gol da vitória em Porto Alegre. Diante do Flamengo, a Chape deve empregar a mesma estratégia: jogar fechado e apostar nos contra-ataques. O time não deve contar com Reinaldo, suspenso, e Canteros, lesionado. Diego Renan e Lucas Marques devem iniciar a partida.

Mais brasileiros em campo na rodada

Chapecoense e Flamengo não são os únicos brasileiros que seguem com chances na Sul-Americana. No mesmo horário, a Ponte Preta recebe o Sport precisando reverter a vantagem dos pernambucanos, que venceram a partida de ida por 3 a 1. Mais tarde, às 21h45min, é a vez de o Corinthians visitar o Racing, na Argentina, após as equipes terem empatado por 1 a 1 na última semana em São Paulo. Na quinta, o Fluminense vai ao Equador para encarar o LDU. Na ida, o Flu ganhou de 1 a 0.

Ficha técnica

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Juan, Réver e Pará; Cuéllar, Willian Arão, Diego e Vinícius Júnior; Berrío e Guerrero. Técnico: Reinaldo Rueda.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Diego Renan; Moisés Ribeiro, Lucas Marques, Lucas Mineiro e Alan Ruschel; Arthur Caike e Wellington Paulista. Técnico: Emerson Cris.

Árbitro: Michael Espinoza (Peru)
Data e horário: nesta quarta-feira, às 19h15min
Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro

Leia outras informações sobre a Chapecoense
Acesse a tabela da
Série A do Brasileirão

A Notícia
Busca