Avaí empata com o Atlético-MG e ganha uma posição na tabela - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Na Ressacada17/09/2017 | 13h19Atualizada em 17/09/2017 | 13h37

Avaí empata com o Atlético-MG e ganha uma posição na tabela

Líder do returno no Brasileirão, Leão já acumula seis partidas sem derrota

 

Foto: Cristiano Estrela / DC

O Avaí deixou escapar a vitória para o Atlético-MG nesta fria e nublada manhã de domingo na Ressacada, mas comemorou o ponto conquistado em casa. Com um público de 9,5 mil torcedores que aplaudiram a equipe após o empate, o time subiu mais uma posição na tabela do Brasileirão e terminou a partida em 13º. O clube catarinense manteve o tabu de nunca ter vencido o Atlético de Minas na Série A. Já são 14 partidas.

O time do técnico Claudinei Oliveira se impôs em campo, marcou o gol com Simião aos 45 do primeiro tempo, mas não conseguiu manter o ritmo na etapa complementar. Os mineiros conseguiram empatar aos 37 com Otero. O Avaí poderia ter chegado à 10ª colocação, mas o empate deixou o time catarinense a 3 pontos do Z-4 e a seis jogos de invencibilidade.

— O Campeonato Brasileiro é dificílimo e não podemos deixar de somar pontos, então esse ponto aqui foi importante, ainda mais contra o Atlético, que é uma grande equipe — comemorou o autor do gol azurra.

 O Avaí ainda pode ser ultrapassado pelo Vitória e Bahia, que jogam nesta tarde contra São Paulo e Cruzeiro respectivamente. Na segunda-feira, o Coritiba enfrenta o Palmeiras e também pode passar o Leão da Ilha. 

Primeiro Tempo

O Avaí começou a partida propondo o jogo contra o Galo. Logo que a bola rolou, Numa bela troca de passes entre Joel e Pedro Castro, a dupla invadiu a área, mas a zaga afastou antes do chute. O primeiro lance perigoso, no entanto, veio do Atlético. Após cobrança de falta de Valdívia, Fred cabeceou muito perto do gol de Douglas. Depois desse lance, o Galo também começou a pressionar. 

Aos 14 minutos, num contra-ataque avaiano, Fábio Santos derrubou Joel próximo à grande área e recebeu cartão amarelo. Na cobrança da falta, Junior Dutra cabeceou, e a bola desviou na zaga. No escanteio, de novo Dutra quase marcou. 

O galo repôs a bola e quase abriu o placar. Num contra-ataque, Luan passou para Cazares, que deixou Valdívia livre para chutar. O atacante mandou por cima do gol. Pouco depois, ele sentiu tonturas após uma dividida e foi substituído por Clayton. O Atlético seguiu pressionando e Fred chutou forte de fora da área. Douglas defendeu em dois tempos. 

Aos 33, o Avaí desperdiçou uma grande chance: Willians recebeu um passe perfeito do Alemão dentro da área atleticana, mas errou o toque para Pedro Castro. O gol avaiano veio no finzinho do primeiro tempo. Numa virada de jogo, Junior Dutra rolou de primeira para o meio do Gol. Leandro Silva não conseguiu pegar e a bola sobrou para Simião, que empurrou para dentro do gol. O bandeirão foi erguido nas arquibancadas da Ressacada, para delírio da torcida.

Segundo Tempo

 Sob o embalo dos torcedores, o Leão seguiu ditando o jogo na segunda etapa. Aos 5 minutos, Marcos Rocha fez falta em Willians e recebeu cartão amarelo. Logo depois, Joel correu rápido em velocidade e mandou um chute cruzado na trave. Mas não valia nada, pois o africano estava impedido. 

Micale decidiu avançar o Galo e colocou Robinho no lugar de Cazares. Ele entrou bem e no primeiro lance tabelou com Clayton, invadiu a área, mas o goleiro Douglas se antecipou. Os mineiros seguiram com perigo. O lateral Marcos Rocha recebeu passe de Fred e chutou forte, mas Douglas fez uma boa defesa. 

Por causa da pressão, Claudinei decidiu recuar o time e trocou o volante Judson pelo zagueiro Aírton. Não adiantou: o Leão seguiu dando espaços, e o Atlético, tocando bem a bola, chegou com o lateral Marcos Rocha, que cruzou para o Otero. Ele cabeceou sem chances para Douglas. 

Aos 40 minutos, o Avaí teve uma grande oportunidade, mas desperdiçou. No contra-ataque, Junior Dutra recebeu sozinho na entrada da área, chutou e a bola explodiu no goleiro Victor. Na sequência, o Avaí teve um segundo ataque forte, interrompido com falta por Elias, que recebeu cartão vermelho. 

O árbitro André Freitas de Carvalho deu 5 minutos de acréscimos, que foram insuficientes. No último lance, Luan cabeceou para o gol, o zagueiro atleticano Leonardo Silva desviou errado e quase marcou contra. O atacante avaiano Rômulo ainda cometeu falta em Otero e recebeu cartão amarelo. Mesmo com o empate, o time avaiano deixou o gramado aplaudido pela torcida.

A única vez que o Avaí venceu o Galo foi pela Série B, em 2006. Na próxima rodada, o Leão enfrenta o Flamengo na Ilha do Urubu. O jogo acontece no sábado (23), às 19h.

Ficha Técnica

AVAÍ 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Estádio Aderbal Ramos da Silva - Ressacada

AVAÍ: Douglas; Alemão, Betão, Leandro Silva e Capa; Simião, Judson (Aírton), Pedro Castro (Luan Pereira) e Willians (Romulo, amarelo); Joel e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha (amarelo), Gabriel Leonardo Silva e Fabio Santos (amarelo); Adílson, Elias (vermelho), Luan (Otero), Cazares (Robinho) e Valdívia (Clayton); Fred. Técnico: Rogério Micale

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Bruno Raphael Pires, Leone Carvalho Rocha e Marcio Soares Maciel, todos de Goiás

Público: 9.527

Renda: R$ 114.960,00

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros