África do Sul não descarta recorrer decisão da Fifa que anula jogo - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Joanesburgo07/09/2017 | 21h51

África do Sul não descarta recorrer decisão da Fifa que anula jogo

AFP
AFP

A Federação de Futebol da África do Sul anunciou, nesta quinta-feira, que não descarta a possibilidade de apresentar recurso contra a decisão da Fifa, que determinou que a partida contra Senegal pelas eliminatórias seja reeditada por conta de manipulação de resultados.

"A Federação Sul-africana de Futebol (SAFA) estuda o conteúdo do relatório da Fifa e fará uma declaração sobre suas intenções de ir contra a decisão", indicou a SAFA em comunicado.

A Fifa decidiu pedir a reedição do jogo entre África do Sul e Senegal (2-1), pelas eliminatórias africanas da Copa do Mundo 2018, que foi comandado por um árbitro suspenso perpetuamente por manipulação de partida.

O encontro, que foi disputado em novembro de 2016, vai ser realizado outra vez em novembro, mas ainda sem data e local definidos.

A partida pode aumentar as chances de classificação de Senegal, atualmente terceiro colocado do grupo D atrás de Cabo Verde e Burquina Faso, a duas rodadas do fim da competição.

A Fifa decidiu pedir a reedição do jogo entre África do Sul e Senegal (2-1), pelas eliminatórias africanas da Copa do Mundo 2018, que foi comandado por um árbitro suspenso perpetuamente por manipulação de partida, segundo anúncio da entidade nesta quarta-feira.

A SAFA destacou que "em nenhum caso está envolvida com a mínima ação ilegal relacionada com a atitude do árbitro, como diz a Fifa em seu relatório".

* AFP

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros