Roberto Alves: "Na hora em que mais se espera, o Avaí não responde" - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Série A14/07/2017 | 08h04Atualizada em 14/07/2017 | 08h04

Roberto Alves: "Na hora em que mais se espera, o Avaí não responde"

Leão sofreu uma desastrosa goleada para o Coritiba na Ressacada

Roberto Alves: "Na hora em que mais se espera, o Avaí não responde" Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
roberto alves
roberto alves

O Avaí não jogou contra o Coritiba com a mesma intensidade, disposição e vontade de quem briga por um lugar ao sol. A derrota por 4 a 1 tem uma implicação muito grande ao Leão. Se tivesse vencido, ultrapassaria São Paulo e Chapecoense e ocuparia uma posição intermediária na tabela da Série A.

A goleada, realmente, foi um desastre na Ressacada. É preocupante o futuro do Avaí no Brasileirão. Na hora que mais se espera, ele não responde. E fora de casa, quando ninguém espera, surpreende.

Análise do jogo

Erros pontuais determinaram a derrota do Avaí para o Coritiba. Primeiro um pênalti, que aconteceu por falta de atenção da defesa, que estava mal colocada. Aí veio o empate do Leão, mas, menos de um minuto depois, o Coxa entrou como quis na área e voltou a ficar à frente no placar. No terceiro gol, uma falha incrível do goleiro Douglas, que tinha feito partidas memoráveis. Desta vez, soltou a bola na cobrança de falta. E ainda teve tempo para tomar o quarto.

Taticamente, penso que Claudinei Oliveira poderia ter tirado Juan de campo quando optou por Marquinhos. Juan, nos últimos jogos, não tem contribuído com a equipe, assim como Romulo, que segue inoperante.

Leia mais sobre o Avaí
Confira a tabela da Série A

A Notícia
Busca