Morre Chuck Blazer, testemunha-chave do escândalo de corrupção da Fifa - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Polêmico13/07/2017 | 01h49Atualizada em 13/07/2017 | 02h03

Morre Chuck Blazer, testemunha-chave do escândalo de corrupção da Fifa

Ex-secretário-geral da Concacaf foi um dos delatores no caso que abalou as estruturas da entidade

Morre Chuck Blazer, testemunha-chave do escândalo de corrupção da Fifa FABRICE COFFRINI/AFP
Blazer era próximo do ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter Foto: FABRICE COFFRINI / AFP
AFP
AFP

O americano Chuck Blazer, ex-secretário-geral da Concacaf e ex-dirigente da Fifa, que se tornou uma testemunha-chave no escândalo de corrupção que sacudiu a Federação Internacional de Futebol (Fifa), faleceu nesta quarta-feira (12), aos 72 anos, informou seu advogado ao jornal The New York Times.

Blazer, que acabou banido de todas as atividades relacionadas ao futebol profissional por seu envolvimento no escândalo de corrupção deflagrado em 2015, sofria de câncer no reto, diabetes e doença arterial coronariana. A causa exata de sua morte não foi divulgada. Ainda de acordo o periódico, um familiar confirmou que o ex-dirigente morreu em Nova Jersey.

Leia mais:
Vasco supera Vitória em Salvador e vence primeira fora de casa
Corinthians vence Palmeiras no Allianz Parque e dispara na liderança
Cruzeiro vence Atlético-PR e entra no G-6 do Campeonato Brasileiro

– Sua má conduta, pela qual assumiu plena responsabilidade, não deveria manchar o trabalho positivo que Chuck teve internacionalmente no futebol – declarou o advogado ao jornal.

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros