Criciúma tenta repetir feito histórico contra o Boa Esporte - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Série B18/07/2017 | 07h57Atualizada em 18/07/2017 | 07h57

Criciúma tenta repetir feito histórico contra o Boa Esporte

Tigre vive bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro

Criciúma tenta repetir feito histórico contra o Boa Esporte Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

Depois de nove rodadas sem perder, o Criciúma enfrenta o Boa Esporte, às 21h30min desta terça-feira, com a possibilidade de repetir um feito histórico. Se vencer ou empatar no Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), o Tigre atinge a mesma marca de 2012: dez rodadas sem derrota. Na Série B daquele ano, o torcedor viu o time ficar com o vice-campeonato e garantir o acesso à elite do Brasileirão

O momento é bom para o time do técnico Luiz Carlos Winck. A última vez que a equipe saiu de campo derrotada foi em 6 de junho, contra o Juventude, em duelo fora de casa. Mas o treinador tentar manter os pés no chão, e a cabeça dos atletas no lugar. Sob a batuta do comandante, o Tigre só perdeu uma vez. Depois de amargar algumas rodadas na zona de rebaixamento, abriu boa distância do temido Z-4. Agora, três pontos distanciam o time catarinense do quarto colocado, o CRB, e um vitória fora de casa deixaria o Tigre mais perto do G-4. 

– O ambiente é muito bom. O grupo adquiriu personalidade, houve uma grade melhora na autoestima e isso tem refletido dentro de campo com bons jogos e resultados. Estamos ali próximos do G-4. Hoje temos cinco pontos do Z-4, já é um gordura, então é trabalhar nesse sentido. Não somos melhores, não somos piores, continuamos com nossa caminhada para que possamos manter esse nível e, no final da competição, alcançarmos coisas maiores — comentou o treinador. 

O adversário desta noite, que vinha em boa sequência, perdeu e empatou os dois últimos jogos, o que deixou o time em 16º e preocupado com a zona de degola. Mesmo assim, há respeito do Tigre com o adversário. Depois de marcar duas vezes no empate com o Londrina, o meia Thaciano é um dos homens a ser parado pela defesa do Tricolor do Sul do Estado. 

Suspensos estão de volta 

Depois de cumprirem suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, o lateral-direito Diogo Mateus, o volante Barreto e o atacante Silvinho estão de volta ao time titular. Apesar da boa notícia, Winck terá duas baixas no setor defensivo. O goleiro Luiz levou o terceiro cartão contra o Goiás e fica de fora, para dar lugar a Edson. Já o zagueiro Edson Borges, que se firmou na posição desde a estreia com a camisa do Tigre, apresentou lesão na panturrilha, e foi poupado. 

Para a partida contra o Boa, Winck destacou que queria contar com os atletas mais inteiros. Depois de boa atuações do volante Jocinei e do meia-atacante Alex Maranhão, eles ganham nova chance entre os titulares. Jonatan Lima e Douglas Moreira ficam no banco, além de Kalil, Márcio Goiano, Pitbull, Ricardinho e Vinícius. 

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE: Fabrício; Ruan, Caíque, Douglas Assis e Paulinho; Geandro, Radamés, Thaciano, Fellipe Mateus; Reis e Casagrande. Técnico: Nedo Xavier 

CRICIÚMA: Edson; Diogo Mateus, Raphael Silva, Nino e Diego Giaretta; Jocinei, Barreto, Alex Maranhão; Alisson Farias, Silvinho e Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck

ARBITRAGEM: Paulo Roberto Alves Junior, auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta (trio do PR). 

DATA E HORÁRIO: nesta terça-feira, às 21h30min

LOCAL: Estádio Dilzon Melo, Varginha (MG) 

Leia mais informações sobre o Criciúma 
Acesse a tabela da Série B

A Notícia
Busca