Com foco na defesa, Chapecoense recebe o Vasco na Arena Condá - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Recuperação14/06/2017 | 06h57Atualizada em 14/06/2017 | 06h57

Com foco na defesa, Chapecoense recebe o Vasco na Arena Condá

Verdão quer melhorar números defensivos após falhas nos últimos jogos

Com foco na defesa, Chapecoense recebe o Vasco na Arena Condá Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

A receita básica da vitória é a da Chapecoense: fazer mais gols que o adversário. Porém, às 21h45min desta quarta-feira, contra o Vasco, o Verdão pretende colocar fermento no aspecto defensivo e correr o mínimo de riscos possíveis. Precisa fazer isso para deixar de ser a sexta pior defesa, depois que teve as redes balançadas nove vezes nos últimos dois jogos. Se o ataque continuar como o terceiro melhor do Campeonato Brasileiro, há chances latentes de triunfo na Arena Condá.

A maioria dos gols sofridos pela Chape aconteceram quando os atletas de verde se concentraram do meio para frente. Em um dos três gols marcados pela Ponte Preta, no último domingo, por exemplo, Emerson Sheik fez o lançamento do campo de defesa para Lucca, nas costas da zaga, ficar de frente com Jandrei e assinalar um dos 3 a 0 para a Macaca. Na goleada em favor do Grêmio, por 6 a 3, Everton chegou ao fundo das redes de forma semelhante.

Como os adversários encontraram o caminho das redes quando estavam na contenção, isso demonstra que a falta de concentração foi vital para a Chape, inclinada a atacar. Por isso, o meia Seijas pediu consciência defensiva aos seus companheiros.

– Acho que esse tema toma ressonância pelo que o time fez nos primeiros jogos, que havia tomado apenas um gol, até ocorrer o jogo do Grêmio. São detalhes, foram com o time atacando, em contragolpes. Acho que são falhas de concentração. Falamos com o departamento de análise, temos que corrigir. A semana passada foi ruim e agora tem uma nova oportunidade com uma semana com dois jogos em casa: o objetivo são os seis pontos – disse Seijas.

A palavra de ordem é concentração desde os primeiros minutos. Esta foi a palavra forte e constante no discurso do técnico Vagner Mancini. O comandante da Chape chegou a classificar como ¿absurdo¿ os nove gols em dois jogos.

Para a partida contra o Vasco, além de mudança de postura o time fará alterações na escalação. Uma delas é a volta do suspenso Andrei Girotto no lugar de Moisés Gaúcho. Outras duas foram motivadas por suspensão do STJD, que puniu o lateral-esquerdo Reinaldo por dois jogos e o zagueiro Victor Ramos com um, por causa da expulsão após o término da partida contra o Cruzeiro por xingamentos à arbitragem.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Grolli, Luiz Otávio e Diego Renan; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas; Rossi, Wellington Paulista e Arthur. Técnico: Vagner Mancini.

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Paulão, Breno e Henrique; Jean, Wellington, Douglas, Mateus Vital e Alan; Nenê. Técnico: Milton Mendes.

Arbitragem: Jaílson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (trio BA)
Horário: 21h45 desta quarta-feira
Local: Arena Condá, em Chapecó

Leia também
Confira a tabela da Série A
Leia mais sobre a Chapecoense

A Notícia
Busca