Bacsinszky e Ostapenko fazem a primeira semifinal de Roland Garros - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Paris06/06/2017 | 15h47Atualizada em 06/06/2017 | 16h01

Bacsinszky e Ostapenko fazem a primeira semifinal de Roland Garros

Ostapenko, de 19 anos, eliminou Wozniacki nas quartas de final do torneio

Bacsinszky e Ostapenko fazem a primeira semifinal de Roland Garros Gabriel Bouys / AFP/AFP
Foto: Gabriel Bouys / AFP / AFP
AFP
AFP

A francesa Kristina Mladenovic, que tinha eliminado a atual campeã de Roland Garros, Garbiñe Muguruza, foi eliminada pela suíça Timea Bacsinszky por um duplo 6-4, nesta terça-feira, nas quartas de final da competição.

Leia mais:
Paulão pede atenção ao Vasco para evitar novos pênaltis marcados
Carro com funcionários do Grêmio sofre acidente no caminho a Chapecó 
Elano confirma mudanças no Santos e promete cobrança por igual

Bacsinszky chegou pela segunda vez na carreira às semifinais do torneio, onde vai enfrentar a letã Jelena Ostapenko, que superou a dinamarquesa Caroline Wozniacki por 4-6, 6-2 e 6-2.

– Me sinto privilegiada por poder jogar uma segunda semifinal em Roland Garros – afirmou Bacsinszky após o triunfo, lembrando a derrota para a americana Serena Williams há dois anos.

– Hoje foi difícil. No início, tínhamos um tempo bom, mas depois choveu e tinha muito vento, a terra batia nos olhos. Tive que me esforçar para continuar concentrada – lembrou a medalhista de prata no torneio de duplas do Rio-2016.

A eliminação de Mladenovic deixa a responsabilidade de um francês na competição nas costas de Caroline Garcia, que na quarta-feira joga contra a tcheca Karolina Pliskova, para tentar conseguir um título para o país sede da competição.

Ostapenko segue aventura

Jovem promessa de 19 anos, Ostapenko continuou sua aventura em Roland Garros e chegou à semifinal do torneio depois de eliminar Wozniacki, número 12 do ranking mundial.

No ano passado, a letã entrou pela primeira vez no torneio francês e foi eliminada na primeira fase. O desempenho de Ostapenko nesta edição é o melhor da carreira em torneios Grand Slam.

A partida foi interrompida duas vezes por conta da chuva que caiu em Paris nesta terça. Uma das pausas durou mais de três horas, mas Ostapenko manteve a concentração e a regularidade a cada intervalo.

*AFP

A Notícia
Busca