Semana será de preparação e chegada de reforços no Criciúma - Esportes - A Notícia

Versão mobile

série b08/05/2017 | 18h03Atualizada em 08/05/2017 | 18h05

Semana será de preparação e chegada de reforços no Criciúma

Time do técnico Deivid enfrenta o Santa Cruz no sábado

Semana será de preparação e chegada de reforços no Criciúma Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br / Divulgação/Divulgação
Foto: Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br / Divulgação / Divulgação

Nos dias que antecedem a estreia do Criciúma na Série B deste ano, o ritmo de trabalho é intenso e focado nos detalhes. Depois da vitória por 2 a 1 no jogo-treino do final de semana, contra o Figueirense, o técnico Deivid conseguiu identificar alguns pontos que ainda precisam ser melhorados. O desempenho dos atletas nos treinos da semana será determinante para definir quem entra em campo contra o Santa Cruz, no sábado, às 16h30min, no Heriberto Hülse.

O domingo foi de folga, mas a segunda-feira teve trabalho no Centro de Treinamentos do bairro Cristo Redentor. O volante Barreto, que ficou de fora do jogo-treino para se recuperar de uma pancada, voltou ao campo na tarde de hoje para trabalho com bola. Depois da partida do final de semana, Deivid já sabe o que o Criciúma precisa fazer para estrear com vitória.

— Precisa finalizar mais, chutar mais a gol, pressionar mais rápido quando perde a bola. Surgiram algumas coisas ali que dá para corrigir, faltam alguns dias para nossa estreia, e isso vai ser muito bom — avalia.

A maneira de jogar continua a mesma: preencher espaços e jogar o tempo todo com a bola no pé. Ao atrair o time adversário para cima, os espaços aparecem, e ali que o Criciúma gosta de jogar, explica o treinador.

— A gente está formando um grupo para subir, sabe que é difícil, então estamos formando um grupo competitivo. Por isso que o presidente, Emerson, Gabriel Skinner foram para o mercado, para trazer jogadores que nós achamos que tem nosso perfil, em cima do nosso orçamento, para que a equipe fique mais forte — comenta.

Vitória no amistoso e chegada de reforços

O Tigre saiu perdendo, mas recuperou no segundo tempo e se deu melhor no amistoso contra o Figueirense. O trabalho serviu para os dois times analisarem os elencos e fazer alguns ajustes antes do início da Série B.

— Queríamos um jogo amistoso com uma equipe que vai disputar uma Série B, que é o Figueirense, que está em reconstrução também, vieram 14 jogadores. Foi um teste muito bom para ver onde a gente acertou, onde erramos, a nossa equipe também está sendo montada com o pessoal que está chegando, Paulinho, Erick Flores, Fabinho, e isso vai ser muito bom — comenta.

O único atleta que já foi apresentado oficialmente foi Paulinho. Os demais, que jogam como meia e atacante respectivamente, estão em fase de testes e adaptação, e devem ser apresentados ao longo da semana. Deivid também falou sobre o atacante Zé Roberto, do Bahia, e do volante Jocinei. 

— O que vence campeonato é grupo, todos vão jogar, a gente tem que colocar o melhor time campo para que possamos ter um time forte. Ainda estão chegando jogadores como Zé Roberto, Jocinei, ainda está para chegar mais três, então a gente está encaixando os jogadores dentro da equipe para no dia 13 fazer uma estreia do tamanho do Criciúma — projeta o treinador.

Leia mais:
Criciúma e Figueirense realizam jogo-treino neste sábado
Recuperado de lesão, atacante do Criciúma quer escrever nova história no clube
Lateral do Criciúma fala sobre preparação para a Série B: "100% focados"

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros