"Não houve aviso oficial ao clube", diz presidente da Chape sobre escalação de Luiz Otávio - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Imbróglio18/05/2017 | 06h01

"Não houve aviso oficial ao clube", diz presidente da Chape sobre escalação de Luiz Otávio

Plinio David de Nes Filho disse estar tranquilo e que escalação do atleta está dentro do regulamento

"Não houve aviso oficial ao clube", diz presidente da Chape sobre escalação de Luiz Otávio Betina Humeres/Agencia RBS
Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

O presidente da Chapecoense diz estar tranquilo com a decisão de ter dado o aval para a escalação do zagueiro Luiz Otavio na vitória do Verdão sobre o Lanús, na noite de quarta-feira, pela Libertadores. Segundo Plinio David De Nes Filho, a entrada do atleta foi feita dentro do regulamento já que o Chapecoense não teria sido avisada formalmente sobre qualquer tipo de problema com a entrada do jogador em campo. Durante o primeiro tempo de jogo na Argentina, o repórter Cahê Mota, do Globoesporte.com, levantou a informação de que a Conmebol teria vetado a entrada de Luiz Otavio em campo porque ele estaria suspenso.

O zagueiro foi expulso na partida contra o Nacional, do Uruguai, e segundo a entidade, teria ainda mais duas partidas de gancho para cumprir. Luiz Otavio não atuou no jogo contra o Atlético Nacional, na Colômbia, na semana passada, pela Recopa.

- Estou muito convicto com a nossa decisão. O jogador que entrou em campo estava dentro do regulamento. Não temos nada a declarar além da nossa convicção. Estamos tranquilos e o que mais importa é que vencemos e estamos conscientes da nossa responsabilidade.  Não houve aviso oficial ao clube em nenhum momento e nós temos provas disso. A decisão foi minha, como presidente, de entrar em campo com os jogadores que estavam prontos para jogar. Dois minutos antes nós recebemos o aviso que nos foi dado sem nenhuma legalidade maior,  a não ser verbal. Nem sequer foi julgado e então é um absurdo. Sei que estamos dentro do regulamento, temos dignidade e vamos, dentro daquilo que for a decisão da Conmebol, nos defender com toda a razão - disse o presidente da Chapecoense após a partida na Argentina.

A vitória da Chape por 2 a 1 sobre o Lanús deixou o Verdão em plenas condições de avançar no torneio. A Chape precisa vencer o Zulia, da Venezuela, na próxima terça-feira, na Arena Condá para comemorar uma classificação história. A partida está marcada para as 19h30min.

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros