Andrei Girotto falou que arbitragem tentou compensar expulsão - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Final30/04/2017 | 18h42Atualizada em 30/04/2017 | 18h42

Andrei Girotto falou que arbitragem tentou compensar expulsão

Volante da Chapecoense disse estar triste por deixa companheiros e ficar fora da decisão

Andrei Girotto falou que arbitragem tentou compensar expulsão Cristiano Estrela/Agencia RBS
Andrei Girotto acredita que foi sacrificado pela arbitragem que tentou compensar a expulsão de Capa no início da partida Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
darci debona

Expulso na vitória por 1 a 0 diante do Avaí na Ressacada, o volante Andrei Girotto, da Chapecoense considera que o árbitro Heber Roberto Lopes tentou compensar a expulsão de Capa, no início do jogo, quando deu vermelho em uma jogada em que acertou jogador Leandro Silva, do Avaí.

- Foi um lance que ele compensou, eu subi de braços abertos, se quisesse dar cotovelada meu braço estaria fechado, nem vi o Leandro, estou muito triste por deixar meus companheiros e ficar fora da decisão - afirmou Girotto.

O volante afirmou que a expulsão acabou atrapalhando o trabalho do ano e que a Chapecoense conseguiria um resultado mais fácil se não fosse a arbitragem. Ele só lamenta não poder atuar na Arena Condá.

- Mas tenho certeza que meus companheiros vão dar conta do recado também na volta - destacou.

O comentarista de arbitragem Leonardo Gaciba entendeu que Heber Roberto Lopes agiu de forma correta adotando o mesmo critério nas expulsões. 

- Ele não interferiu no resultado do jogo- afirmou.

Ele só ponderou que Betão poderia ter levado cartão pela falta em Niltinho no final da partida.

Acesse a tabela do Campeonato Catarinense
Substituído na final, Marquinhos diz: "Quem sai fica irritado, como eu estou"
Veja como foi o minuto a minuto da partida na Ressacada

A Notícia
Busca