Torcedor da Chapecoense leva bandeira em homenagem à Colômbia - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Nova paixão01/12/2016 | 19h34Atualizada em 01/12/2016 | 20h02

Torcedor da Chapecoense leva bandeira em homenagem à Colômbia

Gustavo Braun disse que ficou comovido com atitudes dos colombianos e que também torce, agora, pelo Nacional de Medellín

O Nacional de Medellín ganhou milhares de torcedores brasileiros, nessa semana, ao transformar a dor da Chapecoense na dor deles também. Pois um desses torcedores é o corretor de seguros Gustavo Braun, 29 anos.

Filho de gaúchos, ele se declara torcedor da Chapecoense, do Nacional, e um ex-colorado. Trouxe uma bandeira com as cores da Colômbia e a palavra "gracias" (obrigado) à Arena Condá, a fim de agradecer aos torcedores colombianos o luto prestado por eles aos jogadores da Chapecoense, na noite de quarta-feira, quando o Estádio Atanásio Girardot deveria receber a final da Copa Sul-Americana, entre Chapecoense e Nacional.

–Fiz a bandeira em honra aos torcedores do Nacional. Sou mais um torcedor deles agora, tamanho o respeito que tiveram conosco, coisa que o meu ex-time, o Inter não teve – disparou Braun.

Leia mais:
VÍDEO: índios da aldeia Condá prestam homenagem às vítimas do voo da Chapecoense
Famílias e amigos de sobreviventes se dividem entre angústia e esperança na recuperação
Torcedores do Nacional-COL acompanham homenagens em Chapecó

Braun disse que as homenagens feitas pelos colombianos comoveram a torcida da Chapecoense.

– Agradecemos nossos "hermanos" por todo o carinho e atenção que estão tendo conosco em Medellín. A gente não imaginava que eles iam fazer isso com a gente. Em tão pouco tempo, colocar tantas pessoas no estádio e ao redor. A gente nunca ouviu tantas pessoas gritando "vamo Chape!" como ontem. Eles ganharam 210 mil torcedores.

*ZHESPORTES

 
 
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros