Rodrigo Faraco: as desculpas do presidente do Figueirense - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Opinião25/11/2016 | 10h53Atualizada em 25/11/2016 | 10h53

Rodrigo Faraco: as desculpas do presidente do Figueirense

Não deve ter sido fácil para Wilfredo Brillinger assumir os erros

Rodrigo Faraco: as desculpas do presidente do Figueirense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A coisa mais difícil para quem comanda um clube e uma torcida, com o tamanho e a representatividade que o Figueirense tem, é reconhecer erros publicamente e pedir desculpas. Foi o que o presidente fez ao abrir a coletiva ontem. Imagino que não deva ser nada simples para um presidente que prometeu ao seu torcedor sequer falar de rebaixamento nesta temporada.

Presidente do Figueirense lamenta queda, divide responsabilidades e projeta 2017 

Agora o rebaixamento é realidade e é preciso reconstruir. Mas para isso é preciso dar passos atrás e reconhecer erros. Quem vence precisa saber porquê venceu para seguir vencendo. Quem perde precisa reconhecer que errou bastante para poder começar a corrigir.

Branco no futebol

A ideia inicial não era ter Branco no futebol. Principalmente pelo fato de o assessor do presidente não morar em Florianópolis. A diretoria vinha sendo muito questionada em relação ao custo deste profissional e sua dedicação ao clube. O problema foi resolvido com Branco vindo morar na Capital. Com toda a sua experiência vai se incorporar o Departamento de Futebol do Figueirense. É algo que já fez no Fluminense.

 
 
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros