Figueirense luta, mas perde para o Botafogo e segue no Z-4  - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Série A09/10/2016 | 19h05Atualizada em 09/10/2016 | 21h13

Figueirense luta, mas perde para o Botafogo e segue no Z-4 

Furacão sofreu gol aos 46 minutos do segundo tempo e tropeçou em casa

Figueirense luta, mas perde para o Botafogo e segue no Z-4  Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A torcida atendeu ao pedido dos jogadores e diretoria do Figueirense e foi ao estádio. Quase 13 mil pessoas lotaram o Scarpelli, mas o resultado em campo não foi o esperado. O Figueirense perdeu para o Botafogo por 1 a 0 na tarde deste domingo, em jogo válido pela 29ª rodada da Série A. Essa foi a segunda derrota seguida do alvinegro catarinense, que segue na zona de rebaixamento da competição, com 31 pontos. O Figueira lutou, mas Bruno Silva conseguiu marcar o gol do Fogão no finalzinho, aos 46 da segunda etapa.

Agora, o time precisa se recuperar urgentemente contra o Coritiba, quarta-feira, às 19h30min, no Paraná, para tentar uma reação e sair da degola.

A torcida que encheu o Estádio Orlando Scarpelli neste domingo acompanhou um primeiro tempo muito pegado, truncado, com maior posse de bola do Figueirense, mas com quase nenhuma chegada efetiva ao gol. O Figueira começou na pressão, conseguia tocar a bola, se defendia bem, mas o último passe era falho, e não chegava aos atacantes Rafael Moura e Lins.

No pouco que conseguiu chegar e criar, o Figueirense era barrado pela boa defesa do Botafogo. Apesar de ficar menos tempo com a bola nos pés, o lance de maior perigo da primeira etapa foi do alvinegro carioca, aos 42 minutos. Após cobrança de escanteio, Vinícius chutou forte em direção ao gol, mas a bola foi por cima da meta de Gatito.

Segundo tempo começou como o primeiro, com o time catarinense pressionando e tentando chegar ao gol. Logo aos 3, uma boa chance pela esquerda. Pará cruzou na medida, Rafael Moura desviou, mas a bola saiu por pouco pela linha de fundo. Um minuto depois, em nova bola alçada na área, He-Man testou para fora, mas levantou a torcida. Foram os melhores lances do Furacão, até então, na partida.

O capitão do Figueira ainda teve mais uma grande chance de marcar. Aos 14, após cobrança de escanteio pela direita, He-Man mandou para fora, e a bola saiu tirando tinta da trave do goleiro Sidão.

O Botafogo cresceu a partir da metade do segundo tempo e teve grande oportunidade de marcar, aos 29, em conclusão perigosa de Alemão, que chutou no ângulo, mas Gatito mandou para escanteio. O gol saiu já nos acréscimos, dos pés de Bruno Silva, aos 46, para desespero do torcedor da Capital.

Ficha técnica

Figueirense (0)
Gatito Fernández; Ayrton, Werley, Bruno Alves, Pará, Josa, Renato (Ortega), Elvis (Éverton Santos), Dodô, Lins (Rafael Silva) e Rafael Moura

Técnico: Marquinhos Santos

Botafogo (1)
Sidão; Emerson, Alemão, Joel Carli, Victor Luis, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Bruno Silva, Camilo, Neilton (Rodrigo Pimpão), Airton e Vinícius (Sassá)
Técnico: Jair Ventura

Gol: Bruno Silva, aos 46 minutos do segundo tempo (B)
Cartões amarelos: Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (B); Josa (F)
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Bruno Raphael Pires (GO) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Público total: 12.981
Renda: R$ 172. 575,00

Leia mais:
Confira como foi o minuto a minuto de Figueirense x Botafogo

 
 
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros