Figueirense fica no empate com o Coritiba e segue no Z-4 da Série A - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Sem gols12/10/2016 | 21h34Atualizada em 13/10/2016 | 21h22

Figueirense fica no empate com o Coritiba e segue no Z-4 da Série A

Time entrou com algumas mudanças, mas não conseguiu o resultado

Figueirense fica no empate com o Coritiba e segue no Z-4 da Série A Luiz Henrique/Figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Se o Figueirense tivesse que agradecer especialmente a um jogador após o empate por 0 a 0 com o Coritiba, na noite desta quarta-feira, no Paraná, seria Gatito Fernández. O goleiro foi, mais uma vez, um dos destaques do time catarinense, e ajudou, e muito, a segurar o resultado no Couto Pereira. Não que o Coxa tivesse tido milhares de chances de marcar, mas nas oportunidades que teve, o arqueiro estava firme, defendendo sua meta.

Foi um jogo pegado, quente, mas longe de ter o resultado ideal. Ainda mais para time que precisa desesperadamente de pontos para buscar uma reação e sair da zona de rebaixamento da Série A. O Furacão somou um pontinho, chegou aos 32, mas na próxima rodada tem uma missão dificílima diante do líder Palmeiras. A partida ocorre às 17h de domingo, no Orlando Scarpelli. O Coxa duela com o Atlético-PR, no mesmo horário, em Curitiba.

O início de partida foi de pressão total do time da casa, mas o Figueirense não demorou a se encaixar e, logo aos seis minutos, quase chegou ao primeiro gol, num cabeceio de Josa. A bola beijou o travessão, não entrou, mas levou susto ao goleiro Wilson. O time da Capital catarinense entrou em campo com mudanças em relação à equipe que vinha atuando. Éverton Santos no lugar de Elvis, Marquinhos Pedroso na lateral esquerda, ao invés de Pará, e Marquinhos na zaga substituindo Bruno Alves.

O zagueiro voltou a ser titular após se recuperar de uma lesão muscular na coxa. Mas, nem bem voltou e o jogador já irá desfalcar o time. Punido com o terceiro amarelo, ele está suspenso contra o Porco.

Foto: Luiz Henrique / F.F.C / Divulgação

São Gatito

A estrela de Gatito começou a brilhar no final do primeiro tempo. Aos 41, após cobrança de escanteio, Iago soltou uma pancada, mas o arqueiro defendeu. Na sequência, o goleiro alvinegro interceptou um chute rasteiro de Juninho. Pressão do time da casa no final da primeira etapa, que terminou com um susto. Kazim chegou a marcar um gol, mas o bandeira apontou impedimento, para sorte do Furacão.

O Coxa voltou melhor para o segundo tempo, teve mais posse de bola e conseguiu segurar as poucas investidas do Furacão. Ferrugem e Elvis entraram em campo, deram um ritmo melhor, mas não o suficiente para fazer o time venvcer. Com o resultado no Paraná, o Figueira chega a seu terceiro jogo sem vitória e também ao terceiro jogo sem marcar gols.

- Vínhamos de duas derrotas, queríamos a vitória, mas um ponto sempre é importante, ainda mais fora de casa, então acho que mais na frente vai valer esse pontinho. Era importante a vitória ou empate hoje e isso vai valer para entrarmos motivados contra o Palmeiras - disse Gatito Fernández.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA (0)
Wilson; César Benítez (César González), Lucas Claro, Nery (Walisson), Juninho; João Paulo, Juan, Raphael Veiga; Iago, Leandro e Kazim (Vinicius)

Técnico: Paulo César Carpegiani

FIGUEIRENSE (0)
Gatito; Ayrton, Marquinhos, Werley e Marquinhos Pedroso; Josa, Renato (Ferrugem), Dodô (Elvis) e Éverton Santos; Lins (Ermel) e Rafael Moura

Técnico: Marquinhos Santos

Cartões amarelos: Marquinhos, Renato, Dodô (F); Nery, César Benítez, Walisson, César González (C)
Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira, auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Herman Brumel Vani (trio de SP).
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Leia mais:
Roberto Alves: "O empate do Figueirense não foi de todo ruim"
Ônibus com a delegação do Figueirense é apedrejado na BR-101
Acesse a tabela de classificação da Série A

 
 
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros