Basquete Joinville consegue a primeira vitória em casa no NBB - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

No Centreventos07/11/2018 | 21h01Atualizada em 07/11/2018 | 21h01

Basquete Joinville consegue a primeira vitória em casa no NBB

Equipe da cidade chegou ao terceiro triunfo na competição ao bater o Basquete Cearense por 72 a 69 na noite desta quarta-feira

Basquete Joinville consegue a primeira vitória em casa no NBB Lucas Alvarez / Basquete Joinville, Divulgação/Basquete Joinville, Divulgação
Foto: Lucas Alvarez / Basquete Joinville, Divulgação / Basquete Joinville, Divulgação

Parecia fácil, mas foi sofrido. De qualquer maneira, os mais de 400 torcedores presentes no Centreventos Cau Hansen comemoraram a terceira vitória do Basquete Joinville no Novo Basquete Brasil (NBB) - a primeira diante da torcida. Com placar de 72 a 69, os donos da casa superaram o Basquete Cearense na noite desta quarta-feira. De quebra, derrubaram a série de três derrotas seguidas na competição.

O cestinha do jogo foi Kurtz, do Basquete Cearense, com 20 pontos. Pelo Joinville, Mathias, com 14 pontos e sete rebotes, foi um dos destaques. Jefferson Socas, com 10 pontos e 11 rebotes, anotou um duplo-duplo (dois dígitos em dois fundamentos). Cook também colaborou com 13 pontos. 

O próximo compromisso dos joinvilenses é pelo Campeonato Catarinense. Nesta sexta-feira, no ginásio da Embraco, o Basquete Joinville enfrenta a Joinville Blackstar no clássico local pelas semifinais da competição. Quem vencer disputa a final do campeonato no mesmo palco, sábado, às 16h.

Pelo NBB, o próximo jogo do Basquete Joinville será na terça-feira, novamente em casa (no Centreventos), contra o Bauru, às 19h. 

O Basquete Joinville sempre esteve à frente no placar. Apesar do início equilibrado no primeiro quarto, a equipe conseguiu construir a vantagem sobre os cearenses graças às bolas de três pontos - foram três acertos em sete tentativas no primeiro quarto. Do outro lado, o adversário passou o período sem acertar nenhuma bola da linha dos três.

Os joinvilenses ainda contaram com o bom desempenho de Jefferson Socas  (sete pontos) e a bola de três de Colimério, a sete segundos do fim do primeiro quarto, para ter 11 pontos de diferença no placar: 22 a 11.

No segundo período, os donos da casa conseguiram administrar a vantagem. Em dado momento do quarto, abriram até 16 pontos. Felipe Vezaro e André Bambu (cada um com cinco pontos e 100% de aproveitamento nos arremessos) comandaram os joinvilenses. 

O Basquete Cearense respondeu com dez pontos marcados pelo armador Cobb, que manteve os visitantes vivos no confronto. A parcial de 23 a 22 para o Joinville aumentou a vantagem para 12 pontos (45 a 33) e parecia dar conforto em busca da vitória. 

No entanto, na volta do intervalo, o desempenho em bolas de três do Joinville caiu (apenas uma em nove tentativas) e o próprio aproveitamento geral de arremessos foi baixo (somente 25% de acerto). Do outro lado, com mais de 50% de aproveitamento nos arremessos, o Basquete Cearense passou a diminuir o prejuízo. Com vitória de 20 a 14 no período, o placar terminou com apenas seis pontos de vantagem: 59 a 53.

No último quarto, o jogo ganhou ares dramáticos com oscilações na diferença do placar - em alguns momentos, esteve em nove pontos, mas chegou a cair para três. Restando 12 segundos para o fim, a vantagem era de apenas quatro pontos (com posse para o Basquete Cearense). Mas o arremesso de Brite não caiu. No fim, Cook acertou um lance livre e os lances livres de Alex não mudaram a vitória de lado: 72 a 69. 


 

Siga JEC na Rede no Twitter

A Notícia
Busca