Já rebaixado, JEC vence o Luverdense sob protestos na Arena Joinville - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Futebol05/08/2018 | 17h32Atualizada em 05/08/2018 | 20h31

Já rebaixado, JEC vence o Luverdense sob protestos na Arena Joinville

Numa de suas melhores atuações na Série C, Tricolor, recheado por garotos da base, passou pelos mato-grossenses por 4 a 2

Já rebaixado, JEC vence o Luverdense sob protestos na Arena Joinville Salmo Duarte/
Foto: Salmo Duarte

O rebaixado Joinville fez uma de suas melhores partidas quando a vitória já não era suficiente. Por incrível que possa parecer, o Tricolor, que caiu para a Série D na semana passada, bateu o Luverdense por 4 a 2 na tarde deste domingo, na Arena Joinville

Adriano (dois), Breno e Jean Lucas marcaram pelo JEC. Paulo Renê fez os dois do Luverdense. O placar nada muda a situação do Tricolor que continuará lanterna de sua chave, mas amenizou o clima tenso antes do confronto. 

Na próxima rodada, o JEC encerra sua participação na Série C diante do Volta Redonda, fora de casa. O jogo ocorrerá no sábado, às 17 horas, em Volta Redonda (RJ).

O começo de jogo chamou pouca atenção do público (1008 torcedores) na Arena Joinville. Na verdade, antes de a bola rolar, a Torcida Organizada União Tricolor protestou fora do estádio, principalmente contra o presidente Vilfred Schapitz

Na entrada do dirigente, seu carro foi alvo de agressões dos torcedores - chegando a ter a lataria amassada. Vilfred, no entanto, afirmou que não irá registrar o caso com boletim de ocorrência. 

Já nas arquibancadas, a União Tricolor trouxe uma faixa com a frase: "Time de m... + diretoria amadora = Série D". A União também passará a repetir o gesto que ficou famoso durante os anos em que o JEC esteve sem série: virou a própria faixa de cabeça para baixo.

Isso aconteceu até 2011, quando o JEC confirmou  retorno à Série B. Na ocasião, na vitória do JEC sobre a Chapecoense por 3 a 2, a faixa foi arrumada. 

O jogo

Em campo, apesar de o Joinville estar rebaixado, o Tricolor deu trabalho ao time do Mato Grosso. O Luverdense até saiu na frente aos dois minutos com um gol de Paulo Renê e esteve perto de ampliar com Rubinho, em cobrança de falta.

Mas, aos oito minutos da primeira etapa, começou a reação do Joinville. No cruzamento de Michel Schmöller, Breno cabeceou e empatou. Quatro minutos depois, Jean Lucas, após contra-ataque, finalizou forte no canto direito de Diogo Silva e anotou o segundo, o da virada do JEC.

Precisando da vitória para sonhar com a classificação, o Luverdense se expôs muito. Os espaços apareceram e o JEC perdeu gols de todos os jeitos, com Kadu e Marlyson, principalmente.

Na segunda etapa, Marlyson perdeu três chances claríssimas. O seu substituto, em compensação, foi super eficiente. Aos 30, Diogo Silva deu rebote após chute de Kadu. Lucas Machado perdeu o gol, mas acabou derrubado. No ênalti, Adriano, substituto de Marlyson, marcou. 

O Luverdense ainda diminuiu aos 37, novamente com Paulo Renê que aproveitou cobrança de escanteio. Desesperado pela vitória, o time mato-grossense voltou a dar espaços e, no contra-ataque, Adriano recebeu de frente para Diogo Silva e aumentou para 4 a 2.  Após isso, o jogo caminhou para o fim e o JEC chegou a ser aplaudido pelo torcedor pela vitória. 

 
A Notícia
Busca