Schmöller: "Eu peguei o JEC na Série C e quero, no mínimo, deixar o JEC na Série C" - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Futebol07/06/2018 | 17h02Atualizada em 07/06/2018 | 17h02

Schmöller: "Eu peguei o JEC na Série C e quero, no mínimo, deixar o JEC na Série C"

Volante pede a ajuda do torcedor para o Joinville dar a volta por cima a partir de segunda-feira, contra o Volta Redonda

Schmöller: "Eu peguei o JEC na Série C e quero, no mínimo, deixar o JEC na Série C" Beto Lima / JEC/JEC
Foto: Beto Lima / JEC / JEC

O volante Michel Schmöller fez um apelo aos torcedores do JEC em entrevista coletiva no CT do Morro do Meio. Após elogiar a iniciativa da diretoria, que reduziu o valor dos ingressos para a partida de segunda-feira contra o Volta Redonda, Schmöller pediu o apoio dos tricolores. Reconheceu que há vários motivos para críticas, mas convocou o torcedor para ajudar os atletas na difícil missão de manter o Joinville na Série C

 - A gente precisa muito da ajuda do torcedor. Vários times escaparam com a ajuda de seu torcedor. Uma vez ouvi que eu tinha que entender a cobrança porque nós saímos e eles (torcedores) ficam. E é por aí, a realidade é essa. Eles vão ser torcedores do JEC a vida inteira. Mas a gente pede que eles nos apoiem nesse momento difícil para que a gente consiga sair dessa situação e, no mínimo, deixe o JEC na Série C de novo - afirmou. 

O objetivo mínimo - manutenção na Série C - foi reforçado pelo jogador com uma frase forte. Segundo Michel Schmöller, os jogadores precisam deixar o clube exatamente onde eles encontraram quando foram contratados. 

- Eu costumo falar que quando o trabalho não dá certo a gente precisa deixar o clube igual a quando a gente chegou. E eu peguei o JEC na Série C e eu pretendo deixar, no mínimo, deixar o JEC na Série C. É um pensamento muito pequeno se tratando de um atleta num clube, mas passo a passo acho que a gente consegue sair desta situação e talvez olhar algo mais para frente. 

Por fim, ele classificou o torcedor como 12º jogador do JEC nesta reta final da Série C.

- Nós atletas estamos empenhados. A gente sabe que a fase é muito difícil, é uma das piores fases que a gente passou na nossa carreira. O clube tá fazendo a parte dele (com a promoção de ingressos) e a gente precisa do torcedor independentemente se eles forem cobrar ou apoiar. É importante que o estádio esteja cheio porque a gente sabe como é jogar com estádio lotado ou vazio. Independente da cobrança, a gente precisa do torcedor, ele é o nosso 12º jogador. 

 
A Notícia
Busca