Garotos da base fazem a diferença em vitória do JEC - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Esporte25/06/2018 | 15h18Atualizada em 25/06/2018 | 15h18

Garotos da base fazem a diferença em vitória do JEC

André Baumer, Janderson e Madson entraram durante a partida e mudaram a cara do time

Garotos da base fazem a diferença em vitória do JEC Salmo Duarte/A Notícia
André Baumer marcou o terceiro gol contra o Tombense, no domingo Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Os jogadores formados na base do Joinville tiveram participação importante na vitória do clube por 3 a 1 contra o Tombense na rodada do fim de semana da Série C. Três jovens atletas entraram na segunda etapa após substituições realizadas pelo treinador Márcio Fernandes e fizeram a diferença, inclusive com um deles marcando o terceiro gol tricolor.

Logo depois da partida, o técnico afirmou que a equipe precisa ter para o restante do campeonato a mesma atitude que mostrou durante o segundo tempo contra o adversário mineiro. Essa mudança de postura aconteceu justamente após a entrada de Janderson, Madson e André Baumer. As alterações impactaram também no placar, com a virada tricolor.

— Hoje (a entrada dos garotos) foi um fator que nos levou para frente, brigamos mais pela bola. Foi um time com um espírito diferente e mais objetivo — afirmou Márcio Fernandes.

O treinador agradeceu ao torcedor que assistiu ao jogo na Arena por ter dado força aos garotos, já que eles tiveram um papel primordial na conquista da vitória. Segundo ele, é preciso ter tranquilidade e paciência com esses atletas, principalmente quando eles forem colocados desde o início da partida.

Márcio explica que é muito mais difícil para eles quando precisam começar jogando. Quando são colocados ao longo da partida, os garotos têm mais confiança para atuar. Foi o que aconteceu na partida contra o Tombense. Janderson fez a estreia no profissional e entrou no final do primeiro tempo, em um momento difícil do jogo. Madson deu maior movimentação para o time e André Baumer ainda marcou o terceiro gol tricolor.

— São jogadores que ainda têm um tempo para maturação. Até temos vontade de colocá-los para começar jogando, mas já vi vários jogadores se queimando assim. Temos que ter um pouquinho de paciência para ir colocando eles — explica o técnico.

Segundo Márcio, ele vai observar esses atletas durante a semana para ver como vão se portar nos treinamentos. Caso ele sinta que realmente estão confiantes para iniciarem o jogo, haverá essa oportunidade para os jogadores. No entanto, ele garante que é preciso avançar devagar para os jovens ganharem aos poucos um lugar no time, passando de promessas à realidade.

 
A Notícia
Busca