JEC é derrotado pelo Operário-PR e segue na lanterna na Série C - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

 

Má fase06/05/2018 | 19h00Atualizada em 06/05/2018 | 19h09

JEC é derrotado pelo Operário-PR e segue na lanterna na Série C

Jogo ainda contou com apagão no estádio e criança atingida por uma pedra na arquibancada

JEC é derrotado pelo Operário-PR e segue na lanterna na Série C JEC/Divulgação
Foto: JEC / Divulgação

O Joinville perdeu por 2 a 0 para o Operário na tarde deste domingo no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). Com uma proposta defensiva, o time não aguentou à pressão do adversário e sofreu dois gols no final da partida. É a terceira derrota consecutiva do Tricolor no Campeonato Brasileiro da Série C.

Com o resultado, o JEC permanece na zona de rebaixamento e segura a lanterna do grupo B. Foi apenas uma vitória em quatro jogos. Na próxima rodada, o clube tenta a recuperação dentro de casa contra o Cuiabá, que é o terceiro colocado com sete pontos. A partida acontece às 19h30 de sábado, na Arena Joinville.

Diante do Operário, o técnico Matheus Costa mandou o time à campo com uma proposta defensiva. Durante quase todo o jogo, os jogadores se mantiveram na defesa para segurar o adversário e tentar sair em contra-ataque.

Apesar da estratégia, o JEC não conseguiu chegar nenhuma vez ao ataque para levar perigo à meta do goleiro Simão durante todo o primeiro tempo. A única chance foi do Operário, aos 32 minutos. Quirino recebeu o passe de costas, fez o giro e finalizou para o gol. A bola passou raspando a trave e foi para fora.

Na segunda etapa, o Operário voltou a pressionar o Joinville em busca da vitória. O time visitante tinha pouca posse de bola e quando conseguia recuperá-la, desperdiçava as oportunidades. Por outro lado, os paranaenses criavam oportunidade. Aos 15 minutos, Schumacher chutou forte do lado direito e acertou as redes, mas pelo lado de fora.

O gol saiu apenas aos 38 minutos. Após uma cobrança de falta, o goleiro Emerson defendeu, a zaga afastou mal e o lateral Léo aproveitou o rebote para balançar as redes e abrir o placar. Mesmo com a vantagem no placar, o Operário não descansou e continuou com a pressão até ampliar ao marcador. Aos 44, Dione cobrou uma falta direto para o gol e acertou as redes para fazer 2 a 0.

Ainda nos acréscimos da partida, houve um apagão no estádio Germano Krüger e o jogo ficou paralisado por cerca de 15 minutos. Uma confusão acabou com uma criança machucada nas arquibancadas.

Uma pessoa que estava na torcida tricolor arremessou uma pedra contra os torcedores adversários e acertou a criança. Segundo a assessoria de imprensa do Operário-PR, ela sofreu um pequeno corte na cabeça e estava bem. Disse que não sentia dores, mas foi levada ao hospital pela ambulância do estádio.

 
A Notícia
Busca