JEC perde para o Figueirense e cai para a sétima posição - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Campeonato Catarinense 201804/02/2018 | 19h03Atualizada em 04/02/2018 | 19h03

JEC perde para o Figueirense e cai para a sétima posição

Gol de Jorge Henrique no segundo tempo decidiu o clássico para o Alvinegro. Jejum sobre o rival terminou na tarde deste domingo

JEC perde para o Figueirense e cai para a sétima posição Leo Munhoz/Diário Catarinense
Foto: Leo Munhoz / Diário Catarinense

No clássico entre Figueirense e Joinville, quem sorriu foi o torcedor alvinegro, que viu o Figueira bater o rival por 1 a 0 (gol de Jorge Henrique) e assumir a liderança isolada do Campeonato Catarinense com 13 pontos. Os donos da casa foram melhores ao longo dos 90 minutos. O resultado foi ruim para o Tricolor na tabela. 

O JEC caiu para a sétima posição, com apenas seis pontos. De quebra, viu o rival quebrar o jejum desde 2015 - nove vitórias de invencibilidade diante do Figueirense. Agora, o Tricolor tentará buscar a recuperação na próxima quarta-feira, às 20h30, na Arena, contra o Hercílio Luz. O Figueirense visita o Inter de Lages, na mesma data e horário. 

Além de fazer a sua parte, a equipe de Milton Cruz contou com a ajuda do Hercílio Luz, que surpreendeu a Chapecoense e bateu o Verdão em Tubarão por 1 a 0. A combinação deu a primeira colocação à equipe da Capital.

O jogo no Estádio Orlando Scarpelli começou com o Figueirense melhor. O Alvinegro deu um grande susto no Joinville aos 15 minutos, quando Maikon Leite fez jogada pelo lado direito, cruzou e Henan finalizou. A bola entrava no gol, mas o assistente Alexandre Lodetti assinalou impedimento, paralisando o ataque do Figueira.

Confira as últimas notícias do esporte  

Três minutos depois, João Paulo cobrou falta da ponta direita e levou perigo ao gol de Matheus. O Tricolor só conseguiu responder a partir dos 36 minutos, em jogada de Alex Ruan que terminou com a finalização de Thiago Alagoano à direita de Denis

No minuto seguinte, Alex Ruan arriscou de fora da área e assustou Denis. Thiago Alagoano ainda tentou em jogada individual aos 39, mas o tiro passou à esquerda. 

A melhor chance do primeiro tempo aconteceu aos 41. Henan recebeu lançamento nas costas de Evaldo, driblou Matheus e, quando já pensava em comemorar, viu a bola ser desviada por Lazio, que evitou o gol. 

No segundo tempo, o panorama continuou o mesmo: Figueirense melhor e o JEC aparecia em algumas ocasiões. Aos 21, os donos da casa só não marcaram porque faltou pontaria para Henan, que desviou à esquerda de Matheus após passe de Maikon Leite.

Depois de tanto insistir, o Figueira finalmente marcou aos 38 minutos. Após cobrança de falta de Maikon Leite, Jorge Henrique subiu sozinho e cabeceou no canto esquerdo de Matheus, abrindo o placar.

Depois do gol, o Figueirense administrou a vantagem. O Joinville se lançou ao ataque, mas sem organização, nada pôde fazer.

Figueirense 1 x 0 Joinville
Figueirense
Denis; Raul, Cleberson, Henrique Trevisan e Diego Renan; Zé Antônio, Betinho, Maikon Leite, Ferrareis (Renan Mota) e João Paulo (Jorge Henrique); Henan (André Luis).
Técnico: Milton Cruz

Joinville
Matheus; Dick, Lazio, Evaldo e Alex Ruan; Eduardo Person, Michel Schmöller, Thiago Alagoano, Murilo Rangel (Marcos Paraná) e Elias (Madson); Marlyson (Jean Felipe)
Técnico: Rogério Zimmermann

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.
Data: 4/2/2018.
Arbitragem: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Thiago Americano Labes e Alexandre Lodetti.
Gol: Jorge Henrique (Figueirense) aos 38 minutos do 2ºT.
Público: 5.812 torcedores
Renda: R$ 144,60.


 
A Notícia
Busca