JEC/Krona joga para adiar despedida de seus campeões - JEC - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 

Futsal08/12/2017 | 17h06Atualizada em 08/12/2017 | 17h06

JEC/Krona joga para adiar despedida de seus campeões

Se avançar à final do Catarinense, neste sábado, no Jaraguá, Tricolor terá mais duas partidas, as finais do Estadual, para encerrar a atual temporada

JEC/Krona joga para adiar despedida de seus campeões Salmo Duarte/A Notícia
Fixo Fernando é um dos jogadores que irá se despedir após o fim do ano Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Os títulos da Liga Nacional de Futsal e da Taça Brasil fizeram desta temporada a melhor da história do JEC/Krona. O problema é que as conquistas atraíram os olhos dos clubes europeus, que estão levando os campeões de Joinville. Mas antes da despedida, os atletas têm um compromisso importante na noite deste sábado, às 19h15, na Arena Jaraguá. Diante do Jaraguá, o Tricolor tenta confirmar a vaga na final do Campeonato Catarinense da Divisão Especial. De quebra, o resultado positivo servirá para adiar o adeus dos campeões.

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Confira as últimas notícias do esporte  

Com um empate ou vitória no tempo normal, o Joinville avança à final – no jogo de ida, ganhou por 2 a 1. Se perder nos 40 minutos, ainda terá a chance de vencer na prorrogação para se classificar. Caso consiga a façanha, alcançará a terceira decisão no ano e terá mais duas partidas diante do Concórdia na disputa pela taça, jogos estes que encerrarão a temporada.

O fixo Fernando, um dos quatro atletas de saída do time (além dele, saem Xuxa, Fellipe Mello e Fernandinho), já declarou que irá continuar festejando a conquista da Liga Nacional de Futsal, mas não abre mão de estar em mais uma final.

— É possível fazer deste ano uma temporada ainda melhor. Quero conquistar os três títulos sim para fechar minha passagem por aqui com chave de ouro — afirmou.

O desejo, no entanto, não será simples, reconheça o camisa 17. Autor de um dos gols no jogo de ida, na terça-feira, Fernando sabe que a pressão dos donos da casa será grande, especialmente pela rivalidade história que existe entre os clubes.

— Eu tenho certeza que eles torceram muito contra a gente. E temos observado como eles têm pilhado as redes sociais para que os torcedores lotem a Arena Jaraguá. Mas devemos ficar tranquilos. Já conseguimos classificar no ano passado e devemos ter o mesmo espírito para conseguir a vaga neste ano — concluiu.

O técnico Vander Iacovino terá apenas um desfalque no jogo: o ala Gabriel, com uma pancada na coxa direita, está fora da partida. A baixa não preocupa porque os outros atletas estão à disposição e em boas condições físicas apesar de o time ter realizado o primeiro treino apenas na sexta-feira – folgou na segunda após o título da Liga, jogou na terça pelo Estadual, folgou na quarta e fez só academia na quinta.

- Na realidade, há um cansaço mais emocional pelo stress que tivemos nesta reta final. Mas estamos tendo cuidado com a parte física para manipular todas as situações e termos eles em perfeitas condições para o jogo – apontou Vander. 



 
A Notícia
Busca