JEC/Krona foi julgado por confusão em Foz do Iguaçu - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Liga Futsal09/11/2017 | 22h55Atualizada em 09/11/2017 | 22h55

JEC/Krona foi julgado por confusão em Foz do Iguaçu

Tricolor recebeu multa após o tumulto entre torcidas no jogo contra o Foz Cataratas

JEC/Krona foi julgado por confusão em Foz do Iguaçu /

A confusão entre os torcedores do Foz Cataratas e do JEC/Krona, no último sábado, no Ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu, obrigou o clube a participar de um julgamento, nesta quinta, em São Paulo. Além de um advogado, o Tricolor esteve representado pelo superintendente James Veiga.

Apesar de mostrar a falta de condições do ginásio e da desorganização do Foz – que vendeu ingressos a mais e não preparou um espaço adequado para os visitantes –, o Joinville acabou multado. 

O tribunal decretou multa de R$ 1 mil, algo que até ficou de bom tamanho pelos riscos aos quais o clube ficou exposto.  

Havia risco até de, numa punição mais severa, o JEC/Krona ter de jogar com portões fechados numa eventual final. 

James explicou que o clube usou como defesa imagens que mostram a falta de organização do Foz e o bom exemplo de Erechim, onde, em condições melhores, não houve problemas.

O Foz também foi julgado e perdeu um mando de quadra, além de receber multa de R$ 5 mil. A decisão ainda cabe recurso.


Siga JEC na Rede no Twitter

A Notícia
Busca