Conselheiros do JEC pedem impeachment do presidente Jony Stassun - JEC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

Futebol22/11/2017 | 23h12Atualizada em 23/11/2017 | 10h40

Conselheiros do JEC pedem impeachment do presidente Jony Stassun

Grupo já reuniu 17 assinaturas e formalizou a decisão junto ao presidente do conselho deliberativo, Marcus Silva

Conselheiros do JEC pedem impeachment do presidente Jony Stassun Maykon Lammerhirt/A Notícia
Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

A disputa política do JEC chegou ao limite na noite desta quarta-feira. A coluna apurou que 17 conselheiros assinaram um pedido formal de impeachment do presidente do clube, Jony Stassun. O documento está nas mãos do presidente do conselho deliberativo do clube, Marcus Silva, que deve divulgá-lo nos próximos dias. 

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Confira as últimas notícias do esporte  

O conselheiros justificam o pedido baseados em  gestão temerária, aumento da dívida do clube (ultrapassando o limite e ferindo normas do Profut) e falta de prestação de informações ao conselho - todos os detalhes estão num documento entregue ao presidente do conselho deliberativo na segunda-feira. 

A articulação foi feita pela chapa que vai administrar o JEC na próxima temporada. Em razão do conflito com a atual gestão, escancarado na semana passada, a chapa ganhou o apoio de outros conselheiros. Juntos, eles decidiram buscar o impeachement do presidente.

A coluna ainda apurou que houve uma tentativa de negociação para que o presidente Jony Stassun renunciasse ao cargo, mas ele não aceitou a condição.

Até a publicação deste texto, o presidente do conselho, Marcus Silva, e o presidente do JEC, Jony Stassun, não foram localizados. 

Leia mais
Entenda no que os conselheiros se apoiam para pedir o impeachment do presidente do JEC
'É um fato negativo não só para mim, mas para o clube', diz presidente do JEC sobre pedido de impeachment


Siga JEC na Rede no Twitter

A Notícia
Busca