Empresário diz que Lima deixa o Joinville sem mágoa - JEC - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Razões de Lima28/11/2013 | 17h05

Empresário diz que Lima deixa o Joinville sem mágoa

Em entrevista ao "AN", Ronaldo Silva explica os motivos que levaram Lima a rescindir o contrato

Empresário diz que Lima deixa o Joinville sem mágoa Cleber Gomes/Agencia RBS
Confirmação da saída do jogador aconteceu nesta quinta-feira Foto: Cleber Gomes / Agencia RBS
A reportagem de "AN" entrou em contato com o amigo e empresário de Lima, Ronaldo Silva, que comentou a saída do jogador do Joinville. Segundo Ronaldo, o jogador e a diretoria do Joinville chegaram ao um acordo amigável para rescindir o contrato de uma maneira que agradasse as duas partes.

Lima diz não ter guardado mágoas do clube e sai de cabeça erguida. O empresário afirma que a decisão passou a ser cogitada quando o presidente Nereu Martinelli afirmou que não contaria mais com o atleta para 2014. O atacante não descarta a possibilidade de voltar a utilizar a camisa do Tricolor no futuro.

AN - Como foi o acordo de rescisão de Lima com o JEC?
Ronaldo - Foi feito um acordo amigável entre o Lima e a diretoria. Foi um ciclo que se encerrou, mas as portas ficam abertas para que, de repente um dia, o jogador volte a vestir a camisa do Joinville.

AN- O que o Lima pode nos dizer em relação ao sentimento de deixar o JEC?
Ronaldo - O sentimento dele é de agradecimento a todos os torcedores do Joinville e da cidade que o acolheu com tanta gratidão.

AN - O que motivou a rescisão de contrato do Lima com o Joinville?
Ronaldo - Foi uma decisão que o Lima começou a tomar quando a diretoria confirmou que não contaria mais com o atleta para 2014.

AN- Fica alguma mágoa do Lima com o clube?
Ronaldo
- Não. Sem mágoa. De maneira alguma. O Lima já recebeu algumas propostas e é vida que segue. Agora ele vai estudar as propostas para ver o que é melhor para ele.

AN - Na opinião do Lima, qual foi o melhor e o pior momento dele no JEC?
Ronaldo - O acesso para à Série B foi o melhor momento, uma lembrança que ele guarda com carinho. Segundo ele, o pior foi a lesão que sofreu em 2011, que o afastou dos gramados por um bom tempo.

AN- O Lima descarta um possível retorno ao Joinville?
Ronaldo - Não de maneira alguma. A ideia dele é voltar um dia. Até por toda a história que conquistou aqui, quando se tornou o maior artilheiro do JEC.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Saída do ídolo 28/11/2013 | 16h46

"Lima deu mais lucro do que prejuízo ao JEC", diz presidente Nereu Martinelli

Dirigente do clube falou para "AN" sobre o seu sentimento na despedida do jogador

Despedida 28/11/2013 | 12h28

Maior artilheiro da história do JEC, Lima rescinde o contrato com o clube

Time informou nesta quinta-feira que atacante não faz mais parte do elenco

Mais um problema 26/11/2013 | 00h31

Lima, atacante do JEC, deve ir a júri popular por crime de aborto

Atleta e namorada são investigados devido a um caso que aconteceu em 2011

BARRIL DE PÓLVORA 17/10/2013 | 06h42

Confira as 10 polêmicas que inflamaram o JEC em 2013

AN listou os conflitos internos que atrapalharam o Tricolor nesta temporada

Pegou mal 11/10/2013 | 17h34

Médico do Joinville desmente que Lima estava jogando no sacrifício

Por causa da conduta, atacante poderá ser penalizado pela diretoria

Polêmico 10/10/2013 | 17h56

Fora da lista dos relacionados, Lima revela racha no elenco do Joinville

Atacante diz que ele e o lateral Eduardo não são as "laranjas podres" do grupo

 
A Notícia
Busca